Tottenham x Manchester City 0-2
Futebol Premier League

Manchester City vence Tottenham e encaminha título da Premier League

Nesta terça-feira (14), o Manchester City cumpriu com sua missão e superou o Tottenham por 2 a 0 em Londres, com dois gols de Haaland. O jogo válido pela 34ª rodada da Premier League foi a penúltima partida das duas equipes na competição e encaminhou o título dos Citzens.

Com o resultado, o Manchester City chega a 88 pontos, ultrapassando o Arsenal e retomando a ponta da Premier League faltando apenas uma rodada para o fim. O Tottenham fica com 63 pontos e não tem mais chance de buscar uma vaga na Champions League, classificando automaticamente o Aston Villa.

Tottenham sofre pouco e neutraliza Citzens no 1º tempo

Ange Postecoglu precisou lidar com desfalques importantes para o confronto e não pôde contar com as presenças de Richarlison, Timo Werner, Ben Davies, Manor Solomon, Ryan Sessegnon, Fraser Forster e Udogie. Enquanto isso, Pep Guardiola teve o retorno de Grealish, ficando com todo o elenco do Manchester City à disposição.

A etapa inicial ficou marcada por um equilíbrio enorme e um jogo muito tático pois o Manchester City tentou controlar as ações ofensivas através da posse de bola, mas não conseguiu encontrar muitos espaços e teve criatividade de gerar oportunidades. Além disso, o Tottenham levou perigo nas escapas em velocidade e não ignorou o contexto envolvendo o Arsenal.

No entanto, mesmo com os jogadores claramente lutando pela vitória em busca da vaga pela UEFA Champions League, relatos da transmissão indicavam que a torcida do Tottenham não estava empolgada com o próprio time, mesmo nos lances de maior perigo.

Ederson foi exigido logo aos 4′ com boa defesa para evitar o gol de Bentancur. Na resposta, o City chegou com Walker recebendo lançamento longo para achar Kevin de Bruyne. O belga bateu e a bola desviou na marcação, com o bandeira assinalando impedimento no fim do lance.

Aos 15 minutos do primeiro, o Tottenham saiu jogando errado e Hojbjerg chutou para trás deixando a bola na medida para Phil Foden bater de primeira. O goleiro Vicario ajustou o erro na saída com uma defesa incrível em um lance que determinou o restante do primeiro tempo, que passou a ser de mais cautela entre as equipes do que justamente uma trocação franca.

Na reta final da etapa inicial, Walker recebeu de Bernardo Silva cruzou na segunda trave e Gvardiol finalizou por cima do gol em outro lance de perigo a favor dos Citzens. Antes do intervalo, Foden cruzou da esquerda e Haaland finalizou de primeira em cima de Van de Ven e, na sobra, Bernardo Silva finalizou buscando o ângulo, mas Dragusin cortou de cabeça e salvou o Tottenham.

Manchester City volta mais intenso e sobrevive com Ortega substituindo Ederson

Com apenas dois minutos do segundo tempo, Vicario mais uma fez foi exigido pois o Tottenham novamente saiu jogando errado e a bola sobrou para Kevin De Bruyne. O belga experimentou um chute firme da entrada da área e soltou uma pancada no canto esquerdo baixo, parando em gigantesca defesa do goleiro.

Os Spurs tentaram responder na sequência com Sarr soltando com Johnson na ponta direita para cruzar rasteiro buscando Son, mas Ederson fez bela defesa e grande reposição para o Manchester City enfim abrir o placar em Londres.

Aos 6′, Foden brigou com Romero e se mandou pela esquerda cruzando na medida achando Bernardo Silva, que pegou do outro lado e rolou achando De Bruyne, que cruzou rasteiro até a bola chegar ao artilheiro Erling Haaland concluir com tranquilidade, despertando uma reação bem curiosa da torcida dos Spurs no estádio, pois muitos comemoraram o gol sofrido.

A sequência da etapa complementar ficou marcada por um susto na torcida brasileira pois Ederson sofreu uma joelhada de Romero em disputa pela bola e precisou deixar o jogo para a entrada de Ortega. O goleiro ficou muito irritado com a situação, mas deixou se acalmou.

Ortega fez duas defesas importantes na reta final da partida, mas a principal delas veio aos 41′ quando Akanji falhou no meio-campo e Johnsou roubou a bola para deixar Son totalmente livre no 1v1 contra o goleiro, mas o coreano não deslocou o goleiro e facilitou o trabalho do reserva de Ederson, para o desespero de Pep Guardiola.

O técnico do Manchester City ficou tranquilo apenas aos 45 minutos do segundo tempo, quando Doku escapou em velocidade no lançamento de Foden e foi derrubado por Pedro Porro dentro da área. Haaland cobro o penal no canto direito alto de Vicario e definiu a vitória dos Citzens.

Tottenham 0-2 Manchester City

Imagem: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *