van de ven tottenham burnley
Futebol Premier League

Tottenham vence Burnley, segue sonhando com a vaga na Champions e rebaixa adversário

O embate entre Tottenham Hotspur e Burnley neste sábado (11) não era apenas mais um jogo na Premier League. Enquanto os Spurs sonhavam com uma vaga na próxima edição da UEFA Champions League, os Clarets lutavam desesperadamente para garantir sua permanência na elite do futebol inglês.

A partida foi realizada no Tottenham Hotspur Stadium, pela 37ª rodada do campeonato, e tinha um significado crucial para ambos os times.

Tottenham e Burnley protagonizaram um primeiro tempo equilibrado, com ambas as equipes buscando o ataque. O Burnley abriu o placar com Bruun Larsen, mas o Tottenham empatou rapidamente com Pedro Porro.

No segundo tempo, o time da casa pressionou em busca da vitória, mas encontrou uma defesa sólida dos visitantes. No entanto, Micky van de Ven marcou um gol espetacular, garantindo a virada dos Spurs e deixando o Burnley com o rebaixamento decretado para a segunda divisão do futebol inglês.

O brasileiro Richarlison não esteve em campo pelo clube londrino. O jogador, que não foi convocado para a Copa América devido a uma lesão na panturrilha, sofrida pouco antes do anúncio da lista, também foi desfalque na partida.

Jogo equilibrado no primeiro tempo

No primeiro tempo deste emocionante confronto, ambas as equipes apresentaram um futebol ofensivo, buscando construir jogadas e atacar constantemente. Enquanto o Tottenham desfrutava de maior posse de bola e ameaçava com mais frequência, foi o Burnley quem conseguiu abrir o placar.

O momento de destaque veio quando Berge, exibindo uma habilidade invejável, driblou a marcação de Porro no meio-campo e avançou com determinação em direção à meta adversária. Com um passe cirúrgico, encontrou Brunn Larsen, deixando Skipp para trás. O atacante do Burnley não desperdiçou a oportunidade e finalizou com maestria, superando Vicario e colocando sua equipe na frente no marcador.

Entretanto, jogando em seu território e contando com o apoio fervoroso de sua torcida, o Tottenham não se abateu diante do gol sofrido e rapidamente respondeu.

Num lance de puro oportunismo, Pedro Porro assumiu a responsabilidade, invadiu a área, driblou a marcação firme dos defensores do Burnley e, com um chute certeiro com o pé direito, deixou o goleiro Muric sem chances, igualando o placar e devolvendo a esperança aos torcedores dos Spurs.

Com o empate no marcador, a expectativa para o segundo tempo desta partida era grande, pois a vitória e os três pontos era questão de vida ou morte para as duas equipes

Tottenham vira e carimba rebaixamento do Burnley

No segundo tempo, à medida que o tempo passava e o empate persistia no placar, a pressão começou a aumentar e o jogo ficou cada vez mais tenso.

Uma sequência de faltas e entradas mais fortes resultou em três cartões amarelos para ambas as equipes, além de muita discussão entre as equipes técnicas. O clima acirrado em campo refletia a importância da partida para ambas as equipes, que lutavam pelo resultado até o último minuto.

O Burnley teve uma grande chance aos 12 minutos de retomar a vantagem no placar, quando Maxime Esteve subiu para cabecear em direção ao gol após cobrança de falta. Seu cabeceio foi certeiro e mirava o fundo das redes, mas foi interceptado por Vicario, que conseguiu alcançar a bola antes que ela fosse para o fundo das redes

O Tottenham respondeu imediatamente, com James Maddison finalizando com muito perigo na entrada da área. Seu chute tinha como alvo o gol adversário, mas Aro Muric se destacou com uma grande defesa, mantendo a igualdade no placar.

Com o tempo passando, o time londrino intensificou sua pressão, avançando com todas as suas forças, enquanto os visitantes se defendiam como podiam e buscavam explorar os contra-ataques. Os Spurs tiveram oportunidades claras de marcar, com Pedro Porro, Son e Brennan Johnson, porém todas esbarravam no goleirão do Burnley.

A melhor chance do segundo tempo até então surgiu aos 30 minutos, com Son, que fez uma excelente jogada pela lateral e cruzou para Johnson finalizar na entrada da área. Muric, por sua vez, teve que fazer uma defesa espetacular para manter viva a esperança dos torcedores visitantes.

No entanto, o que era esperança de se manter na Premier League, virou tristeza apenas dois minutos depois; Os Spurs finalmente conseguiram a virada, deixando o Burnley à beira do rebaixamento.

Micky van de Ven recebeu lindo passa na entrada da área, se livrou da marcação de dois defensores com apenas uma finta, e bateu forte no canto direito do goleiro Muric. Um golaço pra colocar para garantir os três pontos para o time da casa e manter viva a possibilidade jogar a Champions na próxima temporada.

Nos minutos finais, o Tottenham continuou pressionando, buscando ampliar a vantagem no placar, mas sem sucesso. Enquanto isso, os torcedores do Burnley assistiam impotentes à queda de seu clube para a segunda divisão do futebol inglês.

Final: Tottenham Hotspur 2×1 Burnley

Com a vitória, os Spurs agora somam 66 pontos, apenas 1 a menos que o Aston Villa, o 4º colocado. Apenas os quatros primeiros vão para a próxima edição da Champions League, e o clube londrino conta com um tropeço da equipe de Unai Emery na segunda-feira contra o Liverpool para continuar sonhando com a vaga.

O Tottenham enfrenta o Sheffield United na última rodada, próximo domingo (19) fora de casa. Já o Burnley, com 24 pontos e ocupando a 19ª colocação, está matematicamente rebaixado e se despede da Premier League também no próximo domingo, em casa, contra o Nottingham Forest.

(Foto: Getty Images)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *