Leon Edwards Belal Muhammad UFC 304
Lutas UFC

UFC confirma três lutas para o UFC 304 em Manchester

Nesta quinta-feira (16), o UFC confirmou três lutas que serão realizadas no UFC 304, realizado em Manchester, na Inglaterra, em julho. O confronto principal será a revanche entre Leon Edwards e Belal Muhammad, com o campeão interino dos pesados, Tom Aspinall, enfrentando Curtis Blaydes no co-main event. Outro britânico a lutar será Paddy Pimblett, que enfrenta o experiente Bobby Green.

Edwards e Muhammad voltam a se encontrar três anos depois do último confronto entre os dois, que acabou sem resultado após o jamaicano acertar uma dedada ilegal no olho de seu rival. Desde então, o estadunidense vem pedindo uma revanche, principalmente após Edwards conquistar o título dos meio-médios contra Kamaru Usman no UFC 278.

Essa será a terceira defesa de cinturão de Edwards no UFC. Antes de enfrentar Muhammad, ele defendeu contra Usman e, mais recentemente, contra Colby Covington, em dezembro do ano passado. Muhammad, por sua vez, vem de uma sequência de cinco vitórias consecutivas desde a luta sem resultado contra Edwards, batendo nomes importantes como Damian Maia, Sean Brady e Gilbert Burns.

Aspinall defende o título interino no UFC 304

Cansado de esperar por Jon Jones, Aspinall vai defender o seu cinturão interino contra Blaydes, em outra revanche que vai agitar Manchester. Em luta realizada em Londres, em 2022, o britânico sofreu apenas a sua segunda derrota no UFC ao se lesionar com apenas 15 segundos de confronto. Desde então, esse reencontro vem sendo especulado, principalmente após Aspinall vencer o título interino.

Desde que venceu Aspinall, Blaydes acabou derrotado pelo russo Sergei Pavlovich, o que provavelmente adiou o reencontro entre os dois, já que Pavlovich enfrentou o britânico pelo título interino dos pesados. O estadunidense se recuperou do revés ao bater o brasileiro Jailton Malhadinho em março deste ano, se colocando como o maior desafiante ao cinturão.

Não é comum que um campeão interino defenda o seu título. A última vez que isso aconteceu veio com Renan Barão, que esperava Dominick Cruz se recuperar de lesão e teve que defender em quatro oportunidades. Aspinall vive uma situação inusitada, já que Jones não demonstrou interesse em unificar os cinturões, afirmando que quer enfrentar Stipe Miocic ou até o brasileiro Alex “Poatan” Pereira antes do britânico.

O acerto de contas entre Green e Pimblett

Outro confronto definido para o UFC 304 é a rivalidade recente entre Green e Pimblett. Os dois vêm trocando farpas na mídia desde que o britânico desafiou o seu desafeto para uma luta publicamente após vencer Tony Ferguson em dezembro do ano passado, sendo respondido rapidamente por Green. Agora, os dois terão a chance de acertar as contas no octógono.

Pimblett vem escalando nos rankings, e continua invicto em sua carreira no UFC, batendo nomes importantes como Ferguson e Jared Gordon. Green, por sua vez, está se recuperando de uma sequência de resultados ruins contra Islam Makhachev, Drew Doder e Gordon (sem resultado), vencendo Ferguson e, mais recentemente, Grant Dawson em outubro do ano passado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *