corinthians vai de bet
Futebol Brasileirão

Vai de Bet cogita romper com Corinthians após polêmica com “laranja”

Após a controvérsia nas últimas semanas envolvendo a suposta utilização de um intermediário pelo Corinthians em suas negociações com a patrocinadora principal, a casa de apostas ‘Vai de Bet’, há indícios de que a empresa esteja considerando rescindir o contrato com o clube paulista, segundo informações divulgadas pelo GloboEsporte.

Por conta da grande repercussão na imprensa, a empresa não está satisfeita com os recentes acontecimentos envolvendo o Timão e está avaliando opções para encerrar o acordo, caso não sejam tomadas medidas pelo Corinthians em relação ao caso.

O contrato entre as partes foi estabelecido em R$ 370 milhões por um período de três anos, valor considerado o maior do futebol brasileiro no momento da assinatura. Em caso de rescisão sem justa causa, a parte que desejar romper o acordo deverá pagar uma multa de 10% do valor restante do contrato, atualmente avaliado em cerca de R$ 300 milhões, o que corresponde a aproximadamente R$ 30 milhões.

A insatisfação da casa de apostas com o clube já vem sendo manifestada há algum tempo. Segundo o ge, a empresa expressou descontentamento com outra situação em 8 de maio, e na ocasião, o Corinthians respondeu emitindo uma nota defendendo a integridade do contrato. Nesta segunda-feira (20), o clube alvinegro respondeu às alegações de um suposto “laranja” no acordo com a empresa de apostas. A informação foi divulgada primeiramente em publicação do colunista Juca Kfouri, no portal Uol. 

Confira a nota divulgada pelo Corinthians:

“O Sport Club Corinthians Paulista tomou conhecimento da acusação publicada na imprensa na tarde desta segunda-feira (20) e reafirma que todas as negociações, incluindo patrocínios, se deram de forma legal com empresas regularmente constituídas. O clube destaca que não guarda responsabilidade sobre eventuais repasses de valores a terceiros. Caso sejam apresentadas quaisquer provas de ilícitos, estes serão discutidos junto ao Conselho Deliberativo para providências que se fizerem necessárias”, afirmou o clube em nota divulgada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *