Pedrinho Vasco
Futebol Brasileirão

Vasco: Justiça nega recurso da 777 e Pedrinho segue no comando

Nesta quarta-feira (22), a Justiça do Rio de Janeiro negou o recurso da 777 Partners e o controle do Vasco segue com a diretoria associativa. A empresa norte-americana havia acionado a 2ª instância na 20ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, mas não obteve sucesso, segundo informações divulgadas inicialmente pelo “GE”.

Cabe ressaltar que a diretoria do clube associativo (sob comando de Pedrinho) está no comando do Vasco desde o dia 15 de maio, quando a Justiça determinou o afastamento de todos os integrantes da empresa norte-americana do Conselho de Administração, com liberdade para Pedrinho buscar substitutos.

No dia seguinte, a empresa norte-americana chamou a ação de “aberração jurídica” e disse que colocou um valor superior a R$310 milhões no caixa do Vasco, um valor considerado “essencial para o projeto de reconstrução do clube.”

Possível retorno de Coutinho agita o Vasco

O Vasco pode ter sido laçado pelas recentes falas de Philippe Coutinho ao dizer que o clube carioca seria priorizado num possível retorno dele ao Brasil. Nesta última segunda-feira (20), pelas informações do GOAL, existem negociações entre o Cruzmaltino e o meia de 31 anos sobre um empréstimo até o fim de 2024 com opção de compra em definitivo.

O valor presente na cláusula de compra ainda não foi definido, deixando em aberto o quanto o Vasco pode estar disposto a oferecer pelo atleta. Antes do clube carioca entrar na jogada, o Cruzeiro já havia feito contato com o ex-camisa 10 do Liverpool, principalmente pelo momento de infelicidade quanto ao futebol europeu e atuando no Catar.

Fortes emoções na Copa do Brasil

Enquanto isso dentro de campo, o Vasco conseguiu evitar o agravamento da crise em um jogo animado diante do Fortaleza em São Januário. Após empate por 3 a 3, o cruzmaltino garantiu apenas nos pênaltis a sua vaga para as oitavas de final da Copa do Brasil.

Imagem: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *