Max Verstappen Imola
Automobilismo Fórmula 1

Verstappen segura Norris e conquista vitória difícil em Imola

Neste domingo (19), tivemos a realização do GP da Emilia Romagna, no tradicional circuito de Imola, e, apesar dos sustos, o holandês Max Verstappen garantiu a vitória. Em uma prova muito mais complicada para o atual tricampeão mundial, ele sofreu uma ameaça grande de Lando Norris, que acabou em segundo, mas se manteve à frente. Charles Leclerc completou o pódio.

Em uma prova que parecia controlada desde o início, Verstappen voltou a ter problemas com o seu carro no fim da corrida, dando uma oportunidade para Norris atacar. Apesar de terminar com menos de um segundo de vantagem, o tricampeão mostrou consciência de pista para controlar a diferença quando o britânico começou a ameaçar, vencendo mais uma na temporada.

A vitória aumenta ainda mais a vantagem no campeonato de pilotos para Verstappen, que agora vê Leclerc em segundo após uma corrida complicada para Sergio Pérez. Norris, por sua vez, começa a aparecer, ficando apenas sete pontos atrás do mexicano da Red Bull e com um momento de crescimento muito interessante.

McLaren x Ferrari no começo da prova

Em uma largada tranquila para Verstappen, o holandês abriu rapidamente uma vantagem para Norris, que se complicou um pouco com os ataques da Ferrari e se viu ficando bem atrás do piloto da Red Bull. Mais atrás, Lewis Hamilton e Pérez tiveram problemas em suas saídas, perdendo muitas posições e caindo no grid.

Com Norris longe de um Verstappen muito forte no início da corrida, as brigas ficaram por conta da disputa entre McLaren e Ferrari, com a equipe britânica tendo a vantagem. Oscar Piastri começou a atacar Carlos Sainz, que aproveitava a natureza de poucas ultrapassagens de Imola para se defender. O garoto australiano se aproximou, mas não conseguiu passar o espanhol.

Com os primeiros pit stops acontecendo, Hamilton e Pérez decidiram ficar na pista por mais tempo, enquanto Ferrari e McLaren tentavam espelhar as paradas. Os britânicos levaram vantagem, com Piastri ultrapassando Sainz e Norris à frente de Leclerc. Em certo momento, o monegasco até ameaçou o carro número 4, mas não teve a potência para chegar e ultrapassar.

Norris vai para cima de Verstappen

Verstappen Emilia Romagna
(Foto: Twitter Red Bull Racing)

Após um período complicado da prova para Norris, o britânico começou a tirar tempo de Verstappen, que reclamava bastante de seus pneus e tinha um carro difícil de guiar, principalmente nas curvas de baixa. Com isso, a vantagem que era de seis segundos começou a diminuir consideravelmente faltando cerca de 11 voltas para o final emocionante.

Com Norris fazendo de tudo para buscar Verstappen e o holandês tentando controlar o gap, a vantagem chegou nas cinco últimas voltas com menos de dois segundos, mas, depois de usar muito os seus pneus, o britânico começou a sentir a sua McLaren um pouco mais arisca, principalmente nas primeiras curvas. Sem conseguir se aproximar o bastante para abrir o DRS, a vida ficou complicada para Lando.

Ele só conseguiu baixar de um segundo na última volta, quando a zona de detecção de DRS já havia passado. Sem oportunidades de ultrapassagem nas outras partes da pista, Norris viu Verstappen cruzar a linha de chegada em primeiro, conquistando sua terceira vitória em Imola.

Piastri bem, Pérez e Hamilton com problemas

Atrás de Leclerc na terceira posição, tivemos um consistente Piastri, que não deixou mais a Ferrari de Sainz se aproximar, terminando na quarta posição. O espanhol, por sua vez, também fez uma boa corrida, não dando muitas chances para os carros de trás e garantindo a sua vaguinha no top 5. Apesar dos vários problemas, Hamilton ficou em sexto.

Dono do ponto de melhor volta da prova, George Russell acabou na sétima posição, seguido por Pérez, que, após uma estratégia muito problemática da Red Bull, não conseguiu escalar o pelotão, mas ainda marcou alguns pontinhos. Lance Stroll salvou um dia difícil para a Aston Martin, ficando em nono, com um bom Yuki Tsunoida completando o top 10.

Confira a classificação final do GP da Emilia Romagna:

  1. Max Verstappen (Red Bull)
  2. Lando Norris (McLaren)
  3. Charles Leclerc (Ferrari)
  4. Oscar Piastri (McLaren)
  5. Carlos Sainz (Ferrari)
  6. Lewis Hamilton (Mercedes)
  7. George Russell (Mercedes)
  8. Sergio Pérez (Red Bull)
  9. Lance Stroll (Aston Martin)
  10. Yuki Tsunoda (Racing Bulls)
  11. Nico Hulkenberg (Haas)
  12. Kevin Magnussen (Haas)
  13. Daniel Ricciardo (Racing Bulls)
  14. Esteban Ocon (Alpine)
  15. Zhou Guanyu (KIck Sauber)
  16. Pierre Gasly (Alpine)
  17. Logan Sargeant (Williams)
  18. Valtteri Bottas (Kick Sauber)
  19. Fernando Alonso (Aston Martin)
  • DNF – Alex Albon (Williams)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *