Vôlei
Mais Esportes Vôlei

Vôlei de praia: com desistência de dupla, André e George asseguram vaga para Paris 2024

E tem dupla brasileira de vaga assegurada para Paris 2024! A dupla de vôlei de praia André/George assegurou a vaga nesta quarta-feira (1), antes mesmo de entrar nas areias, devido a desistência da dupla Pedro/Guto.

Eles entrariam em quadra no dia de hoje na etapa do Elite 16 do Circuito Mundial de vôlei de praia, que reúne as melhores duplas do planeta e que será sediada em Brasília. Três duplas brasileiras disputam vaga em Paris no vôlei de praia: Evandro/Arthur, Pedro/Guto e André/George. A segunda parceria mencionada desistiu da etapa na capital federal, e a vaga ficou assegurada.

André e George, vôlei de praia (Foto: CBV)
André e George, vôlei de praia (Foto: CBV)

Vôlei de praia

Será a primeira olimpíada dos dois. André Stein, de 29 anos, é capixaba. George Wanderley, de 27, por sua vez, nasceu no estado da Paraíba, e a dupla está junta desde o ano de 2019. Medalha de bronze com o parceiro no Mundial de 2022, Wanderley celebrou a conquista, falando um pouco do sonho de, pela primeira vez em sua carreira, representar o país onde nasceu em um evento do naipe de uma Olimpíada.

Estou muito feliz de garantir essa vaga. Todo atleta sonha disputar uma olimpíada e representar o Brasil. Representa bastante saber que meu trabalho está sendo muito bem feito com a equipe.

Stein também comentou sobre a classificação de ambos para os Jogos Olímpicos de Paris. Ele afirmou que o conjunto pode ser um fator preponderante e que se conhecem bastante. 

O nosso conjunto pode ser um grande diferencial. Estamos juntos há quase cinco anos e nos conhecemos bastante. A gente sabe o que pode fazer para ajudar o outro. Acho que isso vai fazer toda diferença nos momentos mais difíceis. A olimpíada tem uma pressão a mais, é um torneio diferente e isso vai ajudar bastante nessa hora. 

Ao longo das etapas do Circuito Mundial, os dois conquistaram excelentes resultados, sendo duas medalhas de ouro, duas medalhas de prata e uma medalha de bronze. Atualmente os brasileiros estão em terceiro lugar no ranking. 

(Foto: Olimpíada Todo Dia)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *