Wanderlei Silva
Lutas Boxe

Wanderlei Silva quer lutas de boxe contra Chael Sonnen e ‘Rampage’ Jackson

A lenda do MMA e mais novo membro do Hall da Fama do UFC, Wanderlei Silva, está satisfeito com sua ilustre carreira no MMA, mas permanece aberto a voltar ao ringue para resolver pendências com alguns rivais.

Wanderlei Silva, de 48 anos, foi uma figura central em várias rivalidades históricas ao longo de sua carreira, mas dois oponentes em particular se destacam para ele como potenciais adversários em futuras lutas: Chael Sonnen e Quinton “Rampage” Jackson. Wanderlei Silva expressou interesse em enfrentar ambos seus dois últimos oponentes no MMA no ringue de boxe, desde que eles concordem com as lutas.

“Eu adoraria ter um show com Chael Sonnen. Mas comigo, não seria um show. Eu entraria lá para nocauteá-lo,” afirmou.

Wanderlei Silva teve uma relação ruim com Sonnen, destacada por uma briga infame durante as filmagens de “The Ultimate Fighter” no Brasil. Apesar de aparentemente terem feito as pazes, Wanderlei Silva ainda nutre o desejo de vingar sua derrota por decisão unânime para Sonnen no Bellator NYC em junho de 2017.

Quinton “Rampage” Jackson também figura nos planos de Wanderlei. A rivalidade histórica entre eles começou no Pride em 2003, onde Wanderlei Silva derrotou Jackson, repetindo o feito na revanche em 2004. No entanto, Jackson venceu por nocaute UFC 92 em 2008 e igualou o placar com outra vitória por interrupção no Bellator 206 em 2018, que marcou a última luta de MMA do brasileiro.

Wanderlei quer  com Jackson, imaginando uma quinta e última luta para determinar o vencedor definitivo.

“É uma luta realmente interessante. Eu venci duas, perdi duas. Acho que precisamos ter a quinta luta,” afirmou.

Os possíveis adversários de Wanderlei Silva no boxe

Chael Sonnen, 47 anos, recentemente lutou para um empate em uma luta de exibição de boxe contra Anderson Silva no Brasil, mostrando que ainda está ativo no esporte. Jackson, 46 anos, não compete em uma competição oficial desde uma derrota por nocaute para Fedor Emelianenko no Bellator 237 em 2019, mas está de olho em uma possível luta de boxe contra Shannon Briggs.