Wirtz
Futebol Bundesliga

Wirtz, camisa 10 do Leverkusen, é consagrado o craque do Campeonato Alemão

O meia Florian Wirtz impactou diretamente no quanto o Bayer Leverkusen foi dominante neste temporada, principalmente com Xabi Alonso em seu comando. Nesta segunda-feira (20), o alemão foi eleito o craque do Campeonato Alemão, sendo um dos grandes nomes na campanha histórica dos Leões rumo ao título nacional, sem perder um jogo se quer.

Era esperado que Wirtz fosse comtemplado com essa premiação, ainda mais com a qualidade imposta por ele em grande parte dos jogos do Leverkusen na temporada. Com apenas 21 anos, foi capaz de apresentar ao mundo o maestro que é. Parece que Xabi e ele simplesmente já se conheciam a anos, porque o alemão caiu como uma luva no esquema do espanhol que foi visado por diversos clubes de ponta do mundo.

O meia alemão participou de 32 dos 34 jogos da equipe na Bundesliga, terminando neste último fim de semana, participando como reserva em apenas seis oportunidades. Por conta de toda a sua importância, era comum Wirtz ser poupado pelo ex-volante espanhol, sem esquecer do histórico de lesões do jovem meia, que impediu-o de ir para a Copa do Mundo com a Alemanha em 2022.

Conquistando um belo duplo-duplo, Florian Wirtz encerrou sua esplêndida temporada de 2023/24 com 11 gols e deu 10 assistências. Ao somar todas as competições que participou, os número vão para 36 participações diretas em gols em 47 jogos disputados, de fato um camisa 10 de muita qualidade.

Wirtz no mercado da bola

Não tem como um alemão com tanta habilidade e apenas 21 anos, ficar longe dos holofotes do futebol mundial. Grandes equipes já procuraram Florian Wirtz para saber o que acontecerá na próxima janela de transferências, mas no momento, não deve ser a hora do alemão deixar o Leverkusen, principalmente pela sua vontade de provar mais ao mundo do que é capaz.

Com a permanência de Xabi Alonso no comando dos Leões, as chegadas de Manchester City e Real Madrid não causaram tanto impacto para a saída de Wirtz, principalmente pela crença de que ele não conseguirá crescer mais ainda, tanto em qualidade quanto experiência.

Foto: Divulgação / Bayer Leverkusen

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *