Álvaro Pacheco, Vasco
Brasileirão Futebol

Álvaro Pacheco é demitido do Vasco

Álvaro Pacheco não é mais o técnico do Vasco. O treinador português, de 52 anos, foi dispensado nesta quinta-feira, um dia após a derrota por 2 a 0 para o Juventude no Alfredo Jaconi, durante a décima rodada do Brasileirão. Rafael Paiva irá assumir o comando da equipe interinamente.

O treinador foi comunicado de sua demissão pelo presidente Pedrinho assim que a delegação chegou ao Rio de Janeiro. O clube já vinha discutindo a multa rescisória e preparando o desligamento de Álvaro desde a noite de quarta-feira.

Álvaro Pacheco, de 52 anos, estreou no dia 2 de junho com uma derrota histórica para o Flamengo, perdendo por 6 a 1 no Maracanã. No jogo seguinte, 11 dias depois, o time sofreu outra derrota, dessa vez por 2 a 0 para o Palmeiras no Allianz Arena.

Na terceira partida sob o comando do português, o Vasco empatou em 0 a 0 com o Cruzeiro em São Januário. O último jogo de Álvaro no clube foi a derrota por 2 a 0 para o Juventude no Alfredo Jaconi, na quarta-feira.

O que a diretoria pensa do trabalho de Álvaro Pacheco

Pedrinho, que não viajou com a delegação para Caxias do Sul, onde o Juventude venceu o Vasco pela 10ª rodada do Brasileirão, e comunicou a decisão na volta do time ao Rio de Janeiro.

Os resultados (6 a 1 para o Flamengo, 2 a 0 para o Palmeiras, 0 a 0 com o Cruzeiro e 2 a 0 para o Juventude) e a situação na tabela da Série A explicam a decisão, mas vai além disso.

O entendimento é de que Álvaro Pacheco não conseguiu fazer o time evoluir neste período de 25 dias. O discurso do português, após as partidas, foi no sentido contrário e revoltou a torcida vascaína.

Confira a nota divulgada pelo Vasco

“O Vasco da Gama comunica que Álvaro Pacheco e sua comissão foram desligados do comando técnico da equipe. O clube agradece aos profissionais e deseja sorte na sequência de suas carreiras. Rafael Paiva assume o comando interinamente”