skysports premier league arsenal 6559879
Futebol Premier League

Arsenal vence o Everton, mas fica com o vice da Premier League

Na última rodada da Premier League, o Arsenal chegou com chances de vencer a competição, porém, na prática, depender de um empate do Manchester City com o West Ham em casa era uma tarefa árdua.

Os Gunners não fizeram uma grande partida, mas, mesmo assim, saíram de campo sem o título, porém, com a missão cumprida. Um 2 a 1 morno, mas significativo.

Primeiro tempo começa mal, mas termina esperançoso

O Arsenal, com o volume de jogo esperado, começou pressionando muito o Everton. Aos cinco minutos, Tomiyasu teve uma chance incrível, mas cabeceou para fora.

Mesmo sabendo da dificuldade que seria conquistar o título, os Gunners seguiram em cima do Everton. Após boa trama, Rice bateu fraco para a defesa de Pickford.

E as chances apareciam em abundância. Pickford salvou um gol contra. E, logo depois, numa tabelinha com Ben White, Gabriel Martinelli bateu para uma defesaça de Pickford.

Com o resultado do Manchester City, o jogo em Londres deu uma aclamada, o Arsenal parecia muito devagar na transição, sentindo o clima de velório.

Se não bastasse, com os Gunners no ataque, o Everton conseguiu encaixar um contra-ataque espetacular, Onana lançou Calvert-Lewis que partiu em velocidade e chutou na trave de Raya. Por muito pouco a coisa não ficou pior no Emirates Stadium.

Depois do quase, o gol. Cobrança de falta próxima da área, Gueye bateu, a bola desviou e morreu na rede. O Everton calava o Emirates.

Entretanto, três minutos depois, Odegaard fez linda jogada com Martinelli e cruzou rasteiro, Tomiyasu apareceu bem e bateu sem chances para Pickford, empatando a partida.

Logo depois, a torcida do Arsenal explodiu com o gol do West Ham, mudando completamente a atmosfera do estádio em Londres.

E com esse fio de esperança o primeiro tempo acabou.

Arsenal vira o jogo e termina a Premier League com vitória

A etapa complementar começou com o jogo muito morno, o Arsenal não conseguia impor seu estilo, jogando de forma mais lenta, enquanto o Everton também não se lançava ao ataque.

Com mais um gol do Manchester City, o Emirates Stadium virou uma missa. Um silêncio ensurdecedor.

Só aos 17 minutos o jogo foi ter uma chance de perigo e ainda foi do Everton. Calvert-Lewis fez grande jogada pela esquerda e chutou para uma defesaça de Raya.

Aos 21’, o Arsenal descontou a bola na trave que sofreu no primeiro tempo. Martinelli fez boa jogada pela direita e cruzou na cabeça de Havertz, que escorou no poste.

Os Gunners melhoraram na intensidade. Timber trouxe o time para o ataque e a bola chegou em Odegaard, que de frente para Pickford chutou para a defesa do goleiro, no rebote, Smith-Rowe carimbou a zaga.

Mesmo sabendo que só um milagre daria o título, o Arsenal passou a atacar mais pra tentar pelo menos dar a vitória para a torcida. Aos 37’, Martinelli fez mais uma jogada excelente e cruzou para Smith-Rowe, que de primeira chutou no travessão.

E, finalmente, aos 43’, o gol da vitória do Arsenal. Gabriel Jesus roubou a bola no meio-campo e puxou o contragolpe, ele serviu Odegaard, que errou o chute, mas Havertz apareceu para marcar o gol.

Desta forma, o Arsenal teve um final condizente com o bom futebol presente em toda temporada.

Final: Arsenal 2x1 Everton

Arsenal vence o Everton e é vice-campeão da Premier League
Arsenal vence o Everton e é vice-campeão da Premier League (Imagem: Adrian Dennis/AFP via Getty Images)

Comentários finais da vitória do Arsenal

O Arsenal fez um jogo abaixo do que vinha apresentando, porém, o fator “gols do Manchester City” foi preponderante para isso.

Apesar da tristeza pela perda da Premier League, valeu muito a vitória, para fazer a torcida sair de campo satisfeita com o jogo e, principalmente, com a temporada que o time fez.

O Arsenal perdeu o título, mas esse time ganhou ainda mais respeito e deixou uma bela premissa para a próxima temporada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *