75
NBA Basquete

Celtics voltam a jogar bem, derrotam os Cavs em Cleveland e abrem 2 a 1 na série 

Após uma vitória acachapante em Boston, o Cleveland Cavaliers voltou para casa para fazer seu primeiro jogo na série dentro de seus domínios, disposto a mostrar que o triunfo contra os celtas não foi obra do acaso.

Enquanto isso, do outro lado, os Celtics queriam mostrar que a série poderia ser parecida com a que enfrentaram o Heat, quando perderam também o jogo 2, mas fecharam em 4 a 1.

Essas perguntas foram respondidas quando a bola subiu no Rocket Mortgage Fieldhouse, com o Boston Celtics dominante no terceiro período, bem na transição e no perímetro, enquanto os Cavs se mostraram completamente dependentes de Donovan Mitchell.

Com esse cenário o Boston Celtics revidou a derrota em casa e assumiu a liderança na série aplicando uma vitória incontestável.

Duelo entre Tatum e Mitchell

O jogo começou um verdadeiro tiroteio, com Donovan Mitchell e Jayson Tatum “on fire”, bem quentes nas bolas do perímetro. Porém, logo os turnovers de ambas as partes passaram a aparecer, tornando o jogo mais arrastado.

Após um pequeno momento truncado, as bolas de três pontos dos dois times passaram a cair em abundância, fazendo o tiroteio voltar no fim do primeiro quarto. E, desta forma bem equilibrada, terminou o período inicial com os Celtics na frente pelo placar apertado de 30 a 28.

O segundo quarto começou truncado, com os times tentando atacar a cesta, mas as defesas dificultando a vida dos ataques, porém, Jrue Holiday resolveu chamar o jogo para si e foi o grande responsável por manter Boston na frente, só que Donovan Mitchell imparável, doutrinando Al Horford, não deixava os visitantes descolarem no placar.

Na reta final o jogo de transição dos Celtics encaixou mais, fazendo o time abrir dois dígitos de frente pela primeira vez na partida, colocando 10 pontos de vantagem, com Jaylen Brown sendo a principal arma no momento.

Antes dos times irem para os vestiários o duelo entre Jayson Tatum e o impossível Donovan Mitchell deu o tom do jogo, que foi para o intervalo com o Boston Celtics na frente por 57 a 48.

Boston Celtics encaminha a vitória no início do terceiro quarto

O Boston Celtics voltou de forma intensa do intervalo e rapidamente colocou 23 pontos de vantagem, com Jayson Tatum bem ligado na partida.

Depois de fazer 14 a 0 no início do terceiro quarto, os Celtics permitiram um 9 a 0 dos Cavs na sequência, mostrando a maluquice desta parcial.

O tiroteio continuou, mas Boston tinha uma bela vantagem para administrar, com Tatum dando seu show ofensivo contra o de Donovan Mitchell, que parecia sozinho no ataque de Cleveland. Desta forma os Celtics foram para o período derradeiro com 15 pontos de frente (84-69).

O Cleveland Cavaliers voltou bem melhor no quarto período, com as bolas caindo para eles e não aparecendo do lado de Boston, com isso, a torcida passou a empurrar o time da casa. Porém, quando os Cavs estavam muito mais confiantes, Pritchard e White anotaram bolas triplas providenciais para manterem os visitantes com dois dígitos de vantagem.

Jayson Tatum errava tudo no ataque, mas o time da casa não conseguia aproveitar isso porque a defesa do Boston Celtics fazia uma parcial exemplar, chamando o adversário para a infiltração e depois fechando o garrafão.

Com Jaylen Brown muito bem e Jayson Tatum se recuperando, os celtas retomaram o domínio da partida e fecharam o jogo sem sustos.

Final: Boston Celtics 106-93 Cleveland Cavaliers

Jayson Tatum em uma de suas cestas na vitória dos Celtics diante do Cleveland Cavaliers
Jayson Tatum em uma de suas cestas na vitória dos Celtics diante do Cleveland Cavaliers

Comentários finais sobre a vitória do Boston Celtics

O Boston Celtics, após sofrer muito no jogo 2 da série, tendo uma partida decepcionante, voltou a se encontrar, principalmente nas bolas de 3 pontos, para garantir mais uma vitória tranquila nesses Playoffs.

Com Jrue Holiday (18pts, 8reb e 5ast) importantíssimo e a dupla Jayson Tatum (33pts, 13reb e 6ast) e Jaylen Brown (28pts e 9reb) muito bem no ataque, o Boston Celtics se torna imparável quando essa combinação de habilidades acontecem e, mesmo com Donovan Mitchell (33pts e 6reb) fazendo uma excelente partida, o time visitante não sofreu.

Para o Cleveland Cavaliers fica a certeza de que não adianta só Mitchell jogar muito bem. Se o time de Ohio não parar o perímetro dos Celtics, fica impossível prolongar essa série. Ou os Cavs arrumam um jeito de sofrerem menos com as bolas triplas, ou terão o mesmo destino do Miami Heat.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *