Hugo Souza, Corinthians Flamengo
Futebol Brasileirão

Corinthians encaminha acerto com goleiro do Flamengo

Hugo Souza está muito perto de se tornar o novo goleiro do Corinthians, segundo informações do site GloboEsporte. Nesta terça-feira (25), o Timão avançou nas negociações para contratar o jogador do Flamengo, visando substituir Carlos Miguel, que está prestes a se transferir para o Nottingham Forest, da Inglaterra.

Atuando por empréstimo no Chaves, de Portugal, o goleiro deve assinar um empréstimo até o fim do ano com o clube alvinegro, com a opção de compra sendo discutida para o final da temporada. Pela equipe lusitana, Hugo Souza realizou 27 partidas, sendo titular do clube durante a disputa da 1ª divisão do Campeonato Português.

Hugo chegou a ter grande destaque com a camisa do Flamengo entre 2020 e 2022, chegando a conquistar o lugar de Diego Alves como titular em diferentes ocasiões. No entanto, após falhas marcantes no primeiro semestre de 2022, o arqueiro perdeu espaço e foi emprestado ao Chaves em 2023.

Corinthians perdeu dois goleiros titulares 

Com a saída de Cássio para o Cruzeiro e a iminente e polêmica ida de Carlos Miguel para a Premier League, o Corinthians utilizou Matheus Donelli, revelado nas categorias de base do clube, como titular nas últimas duas partidas. No empate com o Athletico-PR no Brasileirão, o arqueiro de 22 anos foi eleito o craque da partida.

Apesar de Donelli ser considerado bastante promissor, no momento, o Corinthians conta apenas com goleiros inexperientes em seu elenco principal: além de Matheus, o Timão tem Cadu, Felipe Longo e Kauê como opções.

Entre os três nomes citados, apenas Felipe Longo teve algum destaque nas categorias de base em 2023/24. Kauê retornou recentemente de uma lesão grave, enquanto Cadu foi reserva na maior parte da passagem de Danilo como técnico do Sub-20 do Corinthians.

Hugo Souza se destacou no Chaves defendendo três penaltis na mesma partida

Em março deste ano, Hugo Souza ganhou destaque com a camisa do Chaves ao defender três penaltis em duelo contra o Benfica pelo Campeonato Português. Primeiro, Hugo enfrentou uma cobrança de pênalti de ninguém menos que Di María, ídolo argentino e campeão mundial.

Aos 26 minutos, o camisa 11 do Benfica executou a cobrança, e Hugo esperou até o último instante para decidir seu movimento. O goleiro brasileiro saltou para o lado direito e segurou a bola. As outras duas defesas de Hugo foram em cobranças de pênalti de Arthur Cabral.

O atacante brasileiro, ex-Palmeiras, cobrou o primeiro aos 18 minutos do segundo tempo, apenas para ser detido pelo goleiro emprestado pelo Flamengo. O VAR detectou uma invasão e determinou que o pênalti fosse cobrado novamente. Arthur Cabral permaneceu como cobrador e mais uma vez parou nas mãos de Hugo. Três minutos após sua terceira defesa de penalidades na partida, o goleiro foi finalmente vazado por João Neves.