Sub-19 do Fenerbahçe abandona campo de jogo
Outras ligas

Fenerbahçe manda equipe Sub-19 para final e abandona jogo em protesto a Federação Turca de Futebol

O Fenerbahçe cumpriu promessa realizada antes da final da Supercopa da Turquia após episódios apontados como prejudiciais para o clube. Na semana passada a equipe havia realizado um pedido para que a arbitragem da decisão fosse internacional, porém, como o pedido não foi atendido pela TFF (Federação Turca de Futebol), a equipe levou os garotos do sub-19 para a grande final disputada ontem. Assim que a partida começou, o Galatarasay marcou um gol logo no primeiro minuto de jogo com Mauro Icardi e então os jogadores do Fenerbache abandonaram o campo em protesto a federação.

Como começou a polêmica do Fenerbahçe com a TFF?

Toda a polêmica começou há algumas semanas atrás quando a equipe do Fenerbahçe ameaçou se retirar do futebol profissional da Turquia devido aos constantes episódios de violência nos gramados do país. Após muita discussão com a Federação Turca, a equipe convocou na última semana uma audiência em seu estádio com todos os sócios e torcedores e em votação, foi acordada a permanência da equipe no futebol nacional. A reunião pedido uma série de condições incluindo adiamento da partida e arbitragem internacional no jogo deste domingo.

Como o pedido não foi atendido, a direção do Fenerbahçe pediu para que seus torcedores não fossem ao jogo já sinalizando que poderia abandonar a partida, além de mandar a equipe sub-19 à campo. A equipe do Galatarasay nem quis saber de polêmica, tendo comemorado a conquista da Supercopa em campo e em suas redes sociais, depois, realizou um amistoso entre titulares e reservas em respeito ao torcedor que foi ao estádio para a final. A Federação Turca de Futebol até o momento não fez comentários oficiais sobre o ocorrido.

No último ano o futebol turco se envolveu em diversos episódios de violência com direito a presidente de equipe agredindo um árbitro em campo, na partida entre Ankaragücü e Rizespor, terminada em 1 a 1. O estopim para a direção do Fenerbahçe foi na vitória da equipe por 3 a 2 contra o Trabzonspor no dia 17 de março desse ano, quando a torcida do mandante invadiu o gramado e agrediu atletas do time adversário após a derrota.

Vale lembrar que o Campeonato Turco já foi suspenso nesta temporada por conta de violência. Em dezembro do ano passado, o time do Istanbuspor abandonou um jogo contra decisão do árbitro escalado, além da Supercopa que inicialmente seria no dia 29 e foi cancelada apenas 1 hora antes do jogo iniciar por divergências políticas com os organizadores.

Foto: Serhat Cagdas/Anadolu via Getty Images.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *