Fortaleza campeão da Copa do Nordeste 2024
Futebol Outras ligas

Nos penais, Fortaleza vence CRB e é tricampeão da Copa do Nordeste

Neste domingo (09), teve grito de “É Campeão” na Copa do Nordeste! No estádio Rei Pelé, em Maceió, o CRB venceu o Fortaleza pelo placar de 2 a 0, com dois gols de João Neto. Nas penalidades máximas, o Tricolor venceu pelo placar de 5 a 4 e se sagrou tricampeão da competição regional.

Em um jogo que na primeira etapa foi muito controlado, porém cheio de cartões, o Fortaleza conseguiu segurar o empate por 0 a 0 na etapa inicial. Mas na segunda etapa, o CRB pressionou, até conseguir fazer os dois gols necessários para levar a partida pras penalidades máximas através de João Neto. Confira abaixo um resumo da partida desta tarde.

Primeiro Tempo: jogo controlado pelo Fortaleza e de muitos cartões

Logo no terceiro minuto de partida, uma preocupação para o Fortaleza: Moisés sentiu a coxa direita e fica em campo enquanto pôde. Posteriormente, ele teve que ser substituído, dando lugar a Imanol Machuca. Aos 4 minutos, o auxiliar de Juan Pablo Vojvoda, Gastón Liendo, é expulso por reclamação com a arbitragem. Aos 11, Matheus Albino se atrapalhou num cruzamento de Hércules, e o Leão quase abriu o placar. Três minutos depois, é a vez do CRB ter uma ausência por lesão: a do zagueiro Saimon. Ele saiu e deu lugar a Gustavo Henrique.

Aos 16, Léo Pereira aparece na esquerda e cruza para a área, mas ninguém alcança. No 21° minuto, Léo Pereira aparece desta feita na direita e cruza para Anselmo Ramón, que estava livre, mas pegou mal demais e a bola subiu, sendo uma das melhores chances do Galo na etapa inicial. Aos 26, em uma cobrança de falta, Yago Pikachu bateu com veneno pra boa defesa de Matheus Albino.

Durante o primeiro tempo, o Fortaleza controlou a partida, “jogando com o regulamento debaixo do braço” e chegando com perigo dentro do possível.  Aos 32 minutos, Lucero dá um drible de corpo e finaliza, mas a bola bate em Fábio Alemão e vai a escanteio. Aos 39, Léo Pereira faz bela jogada e serve Fábio Alemão. O zagueiro solta a bomba e João Ricardo faz boa defesa. Aos 46 minutos, Hereda cruza rasteiro e a bola cai nos pés de Anselmo Ramón, porém o camisa 9 do time regatiano finaliza fraco, mas ganha escanteio a favor da sua equipe.

Segundo Tempo: CRB pressiona e consegue os gols

Na segunda etapa, o Fortaleza foi pressionado, e pouco criou. Aos 20 minutos, o CRB abriu o placar, em cobrança de falta de Gegê e bate-rebate na área. A bola sobrou tranquila para João Neto, que foi lá e conferiu para o gol, colocando pimenta na decisão em Maceió. Aos 30, Bruno Pacheco solta a bomba e Matheus Albino faz uma defesaça, impedindo o gol do Laion.

Cinco minutos depois, Mike recebe de um cruzamento feito por Léo Pereira, mas ele cabeceia fraco e acerta apenas a trave. Aos 38, Hereda bate do lado direito, a bola sobra pra Mike que caído também finaliza, mas João Ricardo salva os cearenses. Três minutos depois, Matheus Ribeiro finaliza, a bola sobra para João Neto e ele marca o segundo, pra explodir o Rei Pelé, levando pada as penalidades máximas.

Aos 48, em jogada pela direita, Hereda aciona Mike, que quase faz o terceiro gol. Aos 52 minutos, depois de falta dura, Matheus Rossetto faz falta ríspida, recebe o segundo amarelo e é expulso pouco tempo depois de entrar no gramado. Com um a menos, e a decisão pelo título levada para os pênaltis, a pressão vai para o lado do Tricolor, e se demonstra nítida durante as cobranças de CRB e Fortaleza. 

Disputa dos Pênaltis

Logo na primeira série das cobranças, Anselmo Ramón desperdiçou o pênalti alagoano, mandando a bola pra longe do gol. Gegê, João Neto, Hereda e Matheus Ribeiro converteram as outras 4 cobranças. Do lado leonino, Lucero, Pedro Rocha, Zé Welison, Hércules e Yago Pikachu converteram os penais, dando o tricampeonato ao Leão do Pici. 

Análise Final

Fortaleza, campeão da Copa do Nordeste 2024
Fortaleza, campeão da Copa do Nordeste 2024 — Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

No drama, com um atleta a menos e nas penalidades máximas, o Fortaleza é tricampeão da Copa do Nordeste, e deixa o CRB mais um ano na espera. O time cearense se iguala a Sport e Ceará em títulos da competição regional.  Na segunda etapa, o Galo da Pajuçara pressionou, precisava do resultado para levar aos pênaltis, e conseguiu. Porém, o Leão soube ser eficaz nos penais e faturou a taça. 

Foto: AGIF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *