inter tomayapo bruno gomes
Futebol Copa Sul-Americana

Inter domina e vence o Real Tomayapo por 2 a 0 fora de casa na Sul-Americana

Na noite desta terça-feira (4), o Internacional visitou o Real Tomayapo no IV Centenario Stadium, na Bolívia, em duelo atrasado da fase de grupos da Copa Sul-Americana, válido pela 5ª rodada. Apesar de ter dois jogos a menos, a situação do time colorado no grupo C era bastante delicada antes de entrar em campo, já que havia somado apenas cinco pontos em quatro partidas.

Por isso, a vitória era fundamental para a equipe de Coudet lutar por uma vaga nos playoffs – e o clube gaúcho fez seu papel. Dominando completamente o time boliviano e superando gols anulados, pênaltis perdidos e decisões polêmicas de arbitragem, o colorado conseguiu uma vitória pelo placar de 2 a 0.

Resumo e análise do jogo:

O Inter, desde o primeiro minuto, não precisou se preocupar no setor defensivo, já que a equipe do Tomayapo, já desclassificada da competição, foi completamente apática durante os 90 minutos. A maior tarefa do time de Coudet em campo era justamente quebrar a retranca do time boliviano, e com nomes como Alan Patrick, Hyoran e Maurício no 11 inicial, isso não foi um grande problema. Aos 15 minutos, Alan Patrick chegou a abrir o placar para o colorado, mas o gol foi anulado por impedimento do meia na jogada.

Após alguns minutos de frustração por ter dificuldade em finalizar as jogadas, o time gaúcho abriu o placar de fato. Hyoran, voltando de lesão, recebeu na intermediária e acertou um lindo lançamento para Bruno Gomes, que apareceu como elemento surpresa na grande área e colocou a bola de cabeça no fundo da rede. Menos de um minuto depois, Alan Patrick quase marcou o segundo – o meia aproveitou um erro na saída de bola do time boliviano e arriscou de fora, com a bola passando perto da trave.

Ainda no primeiro tempo, Maurício arriscou de fora da área e Alex Arancibia defendeu. No rebote, Alario tentou, mas acabou acertando o travessão. A etapa inicial foi de domínio completo do Inter, com o goleiro Fabrício sequer precisando sujar as luvas.

Sem muitas surpresas, o domínio colorado continuou no segundo tempo. Logo nos 10 minutos iniciais, Hyoran teve duas boas oportunidades, mas acabou finalizando ambas para fora. Aos 15′, após cruzamento de Bustos, Alan Patrick subiu alto na área e cabeceou firme para o gol, com o goleiro Arancibia fazendo um verdadeiro milagre para evitar o segundo gol do time visitante.

Aos 25 minutos, após bela troca de passes na intermediária, Alan Patrick recebeu em boa condição no lado esquerdo do campo e acertou um passe fenomenal para Maurício, que dominou, tirou da marcação e colocou a bola com categoria no canto do gol. Inicialmente, o lance parecia completamente regular, sem impedimento de Alan ou Maurício na jogada.

No entanto, após análise no VAR, a arbitragem detectou um impedimento de Alario que havia acontecido há cerca de um minuto e meio antes do tento colorado. É difícil não classificar a decisão como equivocada, já que um novo lance havia sido iniciado depois do impedimento, além de que o atacante argentino sequer participou do lance do gol.

O gol anulado esfriou um pouco a equipe gaúcha, que cedeu ao Tomayapo suas primeiras oportunidades na partida. No entanto, com a chegada dos minutos finais do confronto, o time de Coudet voltou a atacar. O atacante Wesley saiu do banco para entrar no lugar de Maurício e deu uma nova dinâmica ao duelo, explorando a defesa cansada do time boliviano pelo lado esquerdo. Aos 84′, Juan Orellana foi expulso após levar o segundo amarelo, e aos 88′, um pênalti foi marcado para o colorado após o defensor colocar a mão na bola na grande área.

No entanto, na cobrança de Lucas Alario, o goleiro Arancibia, único destaque do time mandante na partida, fez a defesa. Curiosamente, na cobrança de escanteio, foi criada uma jogada que acabou sobrando nos pés de Bustos; o lateral cruzou em direção ao e Alario apareceu na pequena área para completar para o fundo da rede, sacramentando a vitória do Inter.

Resultado: Real Tomayapo 0 – 2 Internacional

Com o placar, o Inter igualou em saldo de gols com o Delfín, segundo colocado do grupo com a mesma pontuação do time gaúcho. Com a liderança do Belgrano já garantida, a equipe colorada precisa vencer o time equatoriano no próximo sábado (8), no Heriberto Hülse.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *