Sinner e Medvedev
Tenis Notícias Outros Torneios

Jannik Sinner desiste do Masters 1000 de Madrid por conta de lesão no quadril

O principal cabeça de chave do Masters 1000 de Madri, Jannik Sinner, formalizou sua desistência da competição nesta quarta-feira, citando dores no quadril como motivo. O italiano explicou que as dores o incomodaram nos dois últimos jogos, contra Pavel Kotov e Karen Khachanov. Atualmente ocupando a posição de número 2 no mundo, Sinner tentará se recuperar a tempo para o Masters 1000 de Roma, que tem início na próxima quarta-feira.

Com a saída de Sinner do torneio, o canadense Félix Auger-Aliassime avança diretamente para as semifinais. Aliassime, ex-número 6 do ranking e atualmente classificado como 35º aos 23 anos, não chegava tão longe em um torneio deste porte desde outubro de 2022, quando alcançou as semifinais em Paris. Além disso, em 2019, o canadense disputou uma semifinal em Miami.

“É muito triste ter que desistir do meu próximo jogo aqui em Madri. Meu quadril tem me incomodado esta semana e aos poucos está ficando mais dolorido. Seguindo o conselho dos médicos, decidimos que é melhor não arriscar e piorar a situação. Farei mais alguns testes nos próximos dias e seguirei os conselhos dos especialistas em recuperação”, escreveu Sinner em suas redes sociais.

O italiano já havia expressado dúvidas sobre sua participação nas quartas de final em Madri e mencionou que até mesmo a decisão de entrar em quadra para enfrentar Khachanov nas oitavas foi tomada no último minuto.

“Meu fisioterapeuta e eu trabalhamos muito. Tentei me recuperar, dormir bem e também fizemos alguns exercícios diferentes para tentar melhorar. Meu principal objetivo é estar 100% fisicamente”, explicou durante a coletiva de imprensa na terça-feira. “Preciso pensar duas vezes [se devo me expor ou não] porque agora vem Roma, Paris, depois Wimbledon e os Jogos Olímpicos”.

A desistência de Sinner na chave de Madri

Aliassime, por sua vez, aguarda pelo vencedor do confronto entre o russo Daniil Medvedev, número 4 do mundo, e o tcheco Jiri Lehecka, 31º do ranking. O canadense enfrentou Medvedev em sete ocasiões, sem conseguir uma vitória, destacando-se a semifinal do US Open de 2021. Será a primeira vez que eles se enfrentarão no saibro. Já contra Lehecka, o único encontro resultou em uma vitória do tcheco no Australian Open do ano passado.

(Foto: Juarez Santos)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *