João Fonseca Wimbledon
Tenis Notícias Wimbledon

Meligeni, Fonseca e Heide conhecem seus adversários no quali de Wimbledon

Os brasileiros Fernando Meligeni, Gustavo Heide e João Fonseca conhecem seus caminhos para chegar na chave principal de Wimbledon. Começando no quali, eles precisam conquistar três triunfos para viver de fato do Grand Slam, sendo que a decisiva para entrar ou não, será resolvida numa batalha de cinco sets.

A promessa do tênis brasileiro já viverá a possibilidade de atuar entre os principais atletas do esporte, caso consiga passar de fase. João Fonseca tem se preparado para essa temporada de grama, com dois challengers e uma participação no ATP 500 de Halle como convidado. O carioca estará atuando pela primeira vez num Grand Slam, sendo profissional, vivendo grandes expectativas.

Embate de João Fonseca

João Fonseca
(Foto: Divulgação/ATP 250 de Bucareste)

 

O tenista de 17 anos terá pela frente o espanhol Alejandro Moro Cañas, de 23 anos e atual número 190 do mundo. Se o triunfo for a consequência para o brasileiro, poderá ter o italiano Matteo Gigante, cabeça 29 do quali e 133º do ranking, ou o francês Kyrian Jacquet, 198º colocado. Num sonho de jogar na partida decisiva, devem aparecer o bósnio Damir Dzumhur (cabeça 10), o holandês Tristan Schoolkate, o dominicano Nick Hardt ou o austríaco Dennis Novak.

Meligeni ficou a um passo da chave principal em 2023

Felipe Meligeni Fonseca
(Foto: Divulgação/ATP)

 

A temporada na grama de Felipe Meligeni não foi tão vivida quanto João Fonseca até o momento, onde atuou apenas no challenger de Ilkley na última semana. Entretanto, ele esteve bem próximo de chegar na chave principal na temporada passada, e pretende se provar desta vez. O paulista de 26 anos e atual número 149 do mundo estreará contra o ucraniano Illya Marchenko, veterano de 36 anos e 229º do ranking.

Numa possível vitória de Meligeni, empatando o histórico entre os dois que é favorável ao remanescente da Ucrânia em 1 a 0, terá o vitorioso entre o argentino Camilo Carabelli e o belga Joris De Loore. Se repetir seu feito da campanha passada, poderá ter o argentino Thiago Tirante,o tcheco Dalibor Svrcina, o suíço Marc-Andrea Huesler e o norte-americano Maxime Cressy.

Caminho de Heide

Gustavo Heide Rio Open Fonseca
(Foto: Divulgação/Rio Open)

 

O caso de Heide é um pouco diferente, o brasileiro tem entregado bons jogos nesta temporada, principalmente depois de ter passado no quali de Roland Garros. Agora, o foco está na grama, em Wimbledon, local onde Gustavo Heide pretende conquistar sua segunda vaga para uma chave principal de Grand Slam.

O primeiro encontro dele será diante do argentino Roman Burruchaga, número 142 do mundo e também, responsável por duas vitórias no confronto direto. Esse Brasil x Argentina será primordial para ele ter confiança, na intenção de bater de frente com o húngaro Zsombor Piros ou o italiano Stefano Napolitano. 

Vida fácil ele não terá, muito por conta da possibilidade de ter Pedro Cachin, o suíço Alexander Ritschard, o finlandês Otto Virtanen ou até o italiano Franco Agamenone na terceira partida.

Estreias dos brasileiros no quali

João Fonseca x Alejandro Moro Cañas

Felipe Meligeni x Illya Marchenko

Gustavo Heide x Roman Burruchaga

Foto: Daniel Kopatsch/ITF