dgobaybaye
Futebol

Bayern e Leverkusen ficam no empate em jogo elétrico

(Por Pedro Gama)Bayern de Munique e Bayer Leverkusen se enfrentaram nesta sexta-feira (15) na Allianz Arena pela 4ª rodada da Bundesliga. Em um jogo bem jogado, bastante agitado e de bastante troca de domínio pelas equipes, os dois líderes empataram, Harry Kane e Leon Goretzka marcaram pelo Bayern, Alejandro Grimaldo e Exequiel Palácios marcaram pelo Leverkusen.A partida de hoje colocou frente a frente os dois líderes do campeonato e com isso a promessa era de um bom jogo, o Bayer Leverkusen é um time bastante jovem e que nas mãos de Xabi Alonso atingiu um nível bastante competitivo. E o Bayern por mais que não viva o seu melhor momento, ainda tem um bom treinador e o melhor elenco da Alemanha.E o jogo fez jus a sua expectativa, o Bayern fez o seu melhor começo de jogo na temporada, os bávaros começaram pressionando a saída do Leverkusen e apostando na bola aérea, estratégia que funcionou, logo aos 7, após cruzamento batido por Joshua Kimmich, Edmond Tapsoba desviou na primeira trave e a bola sobrou para Kane, na segunda trave, que sem goleiro, cabeceou para o gol vazio.Após o gol, o Bayern baixou o ritmo e viu o Leverkusen crescer no jogo,Granit Xhaka e  Florian Wirtz dominavam o meio campo, recebendo entrelinhas e gerando dor de cabeça pra defesa dos bávaros, porém não mais que Victor Boniface e Jeremie Frimpong, que com uma transição ofensiva muito rápida, os visitantes geravam dificuldades, em especial a Kim Min Jae, que com as subidas de Alphonso Davies, ficava sobrecarregado.O Leverkusen aproveitou a superioridade e empatou o jogo aos 24, com um belo gol de Grimaldo, após falta cobrada na entrada da área, após sofrer o empate, o Bayern retomou o controle do jogo, o time de Tomas Tuchel apostava na bola aérea para punir o Leverkusen. Foi assim que aos 34, após falta batida por Kimmich, Thomas Müller cabeceou e Lukas Hrádecký operou um verdadeiro milagre, Serge Gnabry teve a chance no rebote de chutar de frente com o gol vazio, mas acabou mandando ma trave.Diferentemente de outros jogos, o Bayern tinha mais facilidade de infiltrar na área adversária, mesmo com três zagueiros, o Leverkusen não conseguia impedir Harry Kane, Davis e Leroy Sané de entrar com velocidade na área, o que causava uma sobrecarga a primeira linha de marcação, os volantes tinham dificuldade na recomposição mas os meio campistas do Bayern também não subiam tanto para se aproveitar do espaço aberto.O primeiro tempo foi um embate entre dois gigantes, com uma troca de domínio constante, o Leverkusen teve chances de fazer o segundo gol ainda na primeira etapa, aos 39, após bela caneta em Dayot  Upamecano, Boniface entra na área mas chuta em cima da marcação.As chances de perigo não acabaram aí, aos 43, após mais um escanteio batido por Kimmich, Leon Gotetzka cabeceou na pequena área, e Hrádecký, novamente, operou um verdadeiro milagre.O segundo tempo perdeu um pouco de intensidade, naturalmente após um primeiro tempo tão disputado pelas equipes, lembrando uma luta de boxe, de dois times que se enfrentaram e sem medo foram para o jogo, as duas equipes tentavam jogar mais por dentro, controlar o jogo pelo meio campo.Porém logo aos 55, após uma bola recuperada no ataque, Leroy Sane enfiou Kane em velocidade, que na pequena área, parou mais uma vez em Lukas Hrádecký, que novamente operou um milagre em Munique.Na intenção de fazer o seu time mais ofensivo, Tuchel mexeu no time, tirou Thomas Müller e Joshua Kimmich e promoveu a entrada de Noussair Marzaoui e Jamal Musiala, porém, ao trazer Konrad Laimer para o meio campo, o time se expôs na lateral direita, possibilitando ao Leverkusen crescer por ali.Primeiro com Wirtz. Que aos 78, recebeu na entrada da área, driblou Marzaoui, entrou na área e chutou na trave, depois com Boniface, que aos 80, também driblou Marzaoui, entrou na área mas desta vez chutou em cima de Ulreich. O jogo se caminhava para o empate, até que aos 85, Matthys Tel entrou na área, driblou a zaga e cruzou rasteiro no meio da área, onde lá estava Goretzka que sem dificuldade chutou pro gol.A festa em Munique já estava a todo vapor, mas, aos 91, Davies derrubou Jonas Hoffman na área, pênalti para o Leverkusen. Palácios bateu e no apagar das luzes empatou o jogo.Final: Bayern de Munique 2×2 Bayer LeverkusenApesar dos altos e baixos, o Bayern fez o seu melhor jogo na temporada, o time finalmente conseguiu se impor no último terço do campo, se aproveitou mais da presença de Harry Kane e a sua facilidade em induzir a zaga adversária ao erro. Ao mesmo tempo em que o jogo ajuda a explicar o porque do Leverkusen ser o líder do campeonato, por mais que esteja repleto de jovens, o time de Xabi Alonso demonstrou uma maturidade bastante expressiva, em um jogo extremamente difícil, jogando na Baviera e por duas vezes manteve a tranquilidade e foi buscar o resultado, e criou chances para vencer o jogo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *