lage
Futebol

Botafogo demite técnico Bruno Lage após reunião de Textor com jogadores

(por Fabrício Carvalho)Reuniões ocorridas entre membros importntes da diretoria do Botafogo e a pressão direta de jogadores do elenco com John Textor definiram a demissão de Bruno Lage no comando técnico do Botafogo nesta terça-feira (3). As informações foram divulgadas inicialmente por TNT Sports, UOL Esporte e pelo setorista “Canal do Medeiros”. O anúncio oficial ocorreu no final da noite desta terça-feira através de uma nota publicada pelo alvinegro.Um grupo com aproximadamente dez jogadores conversou diretamente com o proprietário da SAF do Botafogo para reclamar sobre decisões recentes do técnico português em relação à equipe. O treinador é visto como principal responsável pela queda de rendimento que ameaça o título do Brasileirão.Além disso, a opção por excluir Tiquinho Soares da preleção e deixar o artilheiro do Brasileirão no banco de reservas na última segunda-feira (2) diante do Goiás revoltou integrantes da diretoria, torcida e até mesmo John Textor, que acompanhou toda a situação à distância.Outro ponto negativo que joga contra a decisão de Bruno Lage esbarra na falta de coerência pois o atacante treinou entre os titulares durante a semana inteira, sendo informado sobre a preferência por Diego Costa horas antes da partida.As inforamções mais recentes apontam que a decisão sobre o futuro de Bruno Lage e sua comissão técnica no Botafogo dependiam exclusivamente de John Textor, pois a diretoria de futebol localizada no Rio de Janeiro demonstrou apoio à demissão do português. O conteúdo da nota oficial confirma que John Textor concordou com os arguemntos apresentados pelo elenco para a interrupção do trabalho.Substituto de Luís Castro não agradou a torcidaBruno Lage possui contrato com o Botafogo até dezembro deste ano com multa rescisória pouco acima de R$4 milhões, valor considerado baixo para os atuais padrões do mercado. O treinador buscava utilizar o clube alvinegro como uma forma de se promover como campeão brasileiro para demonstrar novo interesse do futebol europeu.No entanto, o técnico possui apenas cinco vitórias, sete empates e quatro vitórias no comando do Botafogo. Além da queda de rendimento no Brasileirão, o treinador também é visto como principal responsável pela eliminação nas quartas de final da Conmebol Sul-Americana diante do Defensa y Justicia pelas escalações utilizadas nas partidas contra a equipe argentina. Nota oficial do Botafogo”Bruno Lage não é mais o técnico do Botafogo; Confira o posicionamento institucional desta terça-feira (3)O Botafogo informa que, por decisão de John Textor e do Departamento de Futebol, Bruno Lage não é mais o técnico da equipe principal.O Botafogo destaca o profissionalismo, o caráter e o comprometimento de Bruno Lage no período em que defendeu a camisa alvinegra e fez parte da família. Apesar do início do treinador, com 10 jogos de invencibilidade, os últimos resultados não foram os esperados. Fica o agradecimento do Clube a Bruno e a toda a sua comissão técnica pelos serviços prestados ao Glorioso ao longo dos últimos meses, desejando muito sucesso em seus futuros desafios.Como família, o Botafogo vai buscar no momento soluções dentro de casa. O Clube segue com confiança inabalável e firme no propósito da temporada com o suporte incansável de uma legião de alvinegros apaixonados. Lucio Flavio e Joel Carli (na função de assistente técnico) assumem interinamente o comando do time a partir desta quarta (4) na preparação para a partida de domingo, contra o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro.”Imagem: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *