palmeiras x coritiba 201953
Futebol

Grêmio vira bonito, Flu volta a vencer, Palmeiras encosta no líder e Cuiabá surpreende; o domingo (4) no Brasileirão

(por Rafael Lima)Quatro jogos continuaram a nona rodada do Brasileirão neste domingo (4). O Grêmio fez um grande primeiro tempo e derrotou o São Paulo, o Fluminense conseguiu se recuperar vencendo o Bragantino, o Cuiabá surpreendeu o Goiás, em Goiânia, para se afastar da zona do rebaixamento e, por fim, o Palmeiras venceu com tranquilidade o lanterna Coritiba. Confira como foram os jogos.Com um belo primeiro tempo, Grêmio derrota o São Paulo de viradaGrêmio e São Paulo se enfrentaram em Porto Alegre de olho no G4. O Imortal Tricolor, desde a vitória no Grenal mudou o clima e vem se apresentando de forma consistente, enquanto o tricolor paulista entrou em campo invicto no Brasileirão sob o comando de Dorival Júnior.A partida começou com o Grêmio tentando propor o jogo, porém, num contra-ataque muito bem armado por Caio Paulista, Calleri abriu o placar para os visitantes. Porém, o Imortal Tricolor não esmoreceu. Em cabeçadas de Suárez e Kannemann, Rafael trabalhou muito bem, entretanto, com o volume de ataque dos gaúchos estava quase impossível do goleiro do São Paulo não ser vazado.Aos 28 minutos, um toque de mão de Alan Franco na área colocou Cristaldo na marca do pênalti. O argentino bateu e igualou a partida. Mesmo com o empate, o Grêmio não diminuiu a fome, exigindo demais de Rafael. Porém, no lance mais fácil que chegou, Reinaldo bateu e a bola passou por entre as pernas do goleiro são-paulino. Na reta final da primeira etapa, Suárez ainda fez Rafael trabalhar mais, mostrando que o time gremista estava realmente insaciável.No segundo tempo, o Grêmio diminuiu um pouco o ritmo, dando mais campo para o São Paulo. Logo aos 10 minutos, Michel Araújo passou para Rodriguinho, que chutou no travessão. Com a posse de bola, mas sem conseguir criar chances claras de gol, o Tricolor do Morumbi tentou bastante, só que o dia era dos gaúchos, que marcaram com muita vontade e garantiram a vitória.Final: Grêmio 2×1 São PauloO Grêmio parece ter encontrado uma forma de jogar bem ao seu estilo. Com marcação muito forte, muita luta pela posse de bola e jogadores talentosos como Bitello, Cristaldo e Suárez, o Imortal Tricolor já chegou ao G4 e deve ser um osso duro de roer para qualquer adversário. Do outro lado, Dorival Júnior, que ainda não havia perdido, nesta semana teve duas derrotas consecutivas, o que mostra a necessidade de encontrar alternativas, principalmente contra times que jogam fechados.Fluminense se reencontra com a vitóriaO Fluminense foi ao Maracanã passando por seu pior momento na temporada. Por isso, uma vitória diante do Red Bull Bragantino era primordial para o tricolor carioca, pois além da pontuação, o Flu precisava com urgência adquirir confiança. Do outro lado, o time do interior de São Paulo, bem treinado por Pedro Caixinha, foi ao Rio de Janeiro disposto a jogar de igual para igual com o adversário mais qualificado.Com uma marcação forte e uma saída rápida nos contragolpes, o Massa Bruta começou incomodando bastante o tricolor. O Fluminense em alguns momentos ficou nas cordas, porém, aos 26 minutos, num contra-ataque mortal dos anfitriões, puxado por Arias, Paulo Henrique Ganso recebeu do colombiano e fuzilou a meta de Cleiton para abrir o placar.Depois do gol, o Fluminense passou a dominar as ações, controlando a intensidade da partida e deixando a defesa do Bragantino um pouco perdida com o toque de bola. Aos 33’, após escanteio, Lima acertou a trave, mas Felipe Melo anotou o segundo gol tricolor. Com o Massa Bruta nocauteado em pé, o Flu teve chances de ampliar, se assemelhando ao bom futebol praticado no início do campeonato.Na etapa complementar o Bragantino saiu para o jogo sem medo de sofrer uma goleada e, com as linhas altas e alta intensidade, encurralou o Fluminense. Assim, logo aos 8’, Thiago Borbas deu um chutaço para diminuir a diferença. Após o tento, o Massa Bruta se empolgou e foi para cima com tudo o que tinha. Só que bem postado defensivamente e com a entrada de Lelê para incomodar a defesa do time do interior paulista, o Flu conseguiu segurar o ímpeto do adversário, levou um susto com Mosquera, mas garantiu a vitória.Final: Fluminense 2×1 Red Bull BragantinoO Fluminense fez um bom primeiro tempo, mas sofreu muito fisicamente no segundo. Com muitas lesões, o tricolor precisa de um elenco mais numeroso para não estourar seus jogadores e comprometer a temporada. Fica muito claro de que quando o Flu coloca a bola no chão e troca passes com velocidade, consegue envolver qualquer defesa, porém, enfrentando um time rápido como o Bragantino, sem a intensidade necessária em alguns momentos, o clube carioca tem dificuldades.Cuiabá surpreende o Goiás e conquista sua segunda vitória fora de casa neste BrasileirãoO Goiás recebeu o Cuiabá na Serrinha disposto a se afastar da zona do rebaixamento, já que em casa o Esmeraldino é muito forte. Porém, do outro lado, tinha um time que não se acanha fora de casa e que também queria se afastar do Z4.Desde o início o Goiás não conseguia se encontrar na partida, sendo surpreendido pelo futebol ofensivo do Cuiabá, que foi à Serrinha para jogar no campo de ataque. Deyverson, rapidamente começou a se destacar, incomodando bastante a defesa do Esmeraldino. Com duas cabeçadas perigosas ele fez Tadeu trabalhar bem.Aos poucos o jogo ficou muito equilibrado e dinâmico, os dois times criaram boas chances, os visitantes com Fernando Sobral e Wellington Silva e os anfitriões com Palacios e Maguinho, mas em todas as situações que tinham endereço certo, os goleiros Tadeu e Walter levaram a melhor.Na segunda etapa, o jogo não foi tão frenético quanto no primeiro tempo, porém, aos oito minutos, Deyverson recebeu de Alan Empereur e marcou de pé esquerdo, abrindo o placar para o Cuiabá. Após o gol, Emerson Ávila tentou de tudo para fazer o Goiás evoluir, porém, o Dourado tinha o controle da partida e conseguiu controlar as ações com calma e sabedoria para sofrer pouco e levar os três pontos para o Mato Grosso.Final: Goiás 0x1 CuiabáVitória importantíssima para o Cuiabá, que venceu um confronto direto, fora de casa, contra o Goiás, num daqueles jogos que no fim do campeonato serão vistos como chave em caso de permanência do Dourado na série A. Já o Esmeraldino terminará a rodada no Z4, perdendo uma grande chance de vencer e se afastar da parte baixa da tabela. Sinal amarelo ligado na Serrinha. Sem dificuldades, Palmeiras vence Coritiba e encosta na liderançaCom a derrota do Botafogo para o Athletico Paranaense no sábado (3), o Palmeiras foi ao Allianz Parque disposto a vencer o lanterna Coritiba e encostar no líder. Enquanto isso, do outro lado, o Coxa queria jogar por uma bola, se defendendo para sair no contragolpe.Como de costume, o Palmeiras iniciou partindo para cima utilizando uma de suas principais armas: os cruzamentos. A primeira grande chance saiu aos 2 minutos: após escanteio batido por Gabriel Menino, Zé Rafael cabeceou em direção ao gol, mas Natanael foi mais rápido e desviou para a linha de fundo. A jogada foi o suficiente para incendiar os mais de 32 mil palmeirenses no estádio. E as jogadas aéreas continuaram, mas não surtiram o efeito esperado até os 24’, quando Luan acertou uma linda cabeçada após passe de Dudu, mas viu o goleiro Gabriel se esticar todo para impedir o gol que abriria o placar.Porém, a pressão verde e branca pelo alto teve resultado no minuto 29. Artur recuperou uma bola no ataque, passou para Piquerez e partiu para dentro da área. O lateral-esquerdo uruguaio levantou a cabeça e acertou uma linda assistência para o camisa 14, que se infiltrou entre os defensores e surpreendeu Gabriel com um chute de dentro da pequena área. O segundo não tardou a acontecer e a fórmula foi exatamente a mesma, mas dessa vez do lado oposto. Aos 33’, Mayke avançou pela ala direita e cruzou na medida para o bem posicionado Rony, que no alto de seus 1.66m apareceu entre os zagueiros e acertou uma cabeçada de manual, no chão e no canto, ao mesmo tempo, deixando Gabriel sem reação e fazendo a festa da torcida. Palmeiras 2 a 0.A segunda etapa seguiu a toada da primeira. Com a vantagem no placar, o Palmeiras continuou marcando no campo de ataque e partiu para cima do Coritiba. Depois de criar uma enxurrada de chances, Dudu partiu em velocidade pelo meio e passou na esquerda para Rony, que parecia estar em impedimento. O camisa 10 se posicionou no limite da linha da defesa para se manter em jogo, partiu em velocidade para dentro da área e bateu de chapa para fazer 3 a 0. Antes do fim, saiu o gol de honra dos visitantes, Ruan recebeu livre na ponta esquerda e cruzou na área uma bola despretensiosa e sem força, mas Weverton se atrapalhou todo e viu Alef Manga surgir sozinho para balançar as redes.Final: Palmeiras 3 x 1 CoritibaVitória tranquila do Palmeiras, apesar da falha grotesca no fim, para ficar dois pontos atrás do Botafogo, fazendo a sua parte diante de um frágil adversário. Tudo isso sem seu principal jogador, Raphael Veiga, mostrando que o time de Abel Ferreira tem muito repertório. Já do lado do Coritiba, está começando a ficar difícil enxergar alternativas para a equipe paranaense.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *