francis jones
UFC

Longe do UFC, Francis Ngannou não descarta superluta com Jon Jones: ‘Tem que falar com a PFL’

(por Leandro Chagas)Perto de encarar Tyson Fury no boxe e realizar um sonho antigo, Francis Ngannou ainda não fechou as portas para um duelo contra Jon Jones. Em entrevista ao podcast “The Joe Rogan Experience”, o camaronês confessou que ainda deseja em enfrentar “Bones”, mas que não vê isso acontecendo dentro do UFC. Para o “Predador”, o duelo é mais importante que uma disputa de cinturão na principal organização de MMA do mundo. “É possível, mas eles têm que falar com a PFL agora. A PFL está disposta a isso (parceria). Talvez em uma luta especial, com um cinturão especial, talvez não com o cinturão do UFC. Sendo sincero, não me importo com o título, não é com isso que me importo. Me importo com essa luta, com esse desafio. Não ligaria se fosse uma luta sem título. Na minha mente, não preciso de um título do UFC. Essa luta é maior que um título. A luta (com Jones) é maior que um título. Dentro de mim, ainda tenho um pouco de esperança (da luta acontecer), mesmo sabendo que será difícil. Mas nunca se sabe”, analisou Francis.Contudo vale ressaltar que Dana White, presidente do Ultimate, já declarou inúmeras vezes que não é a favor de fazer co-promoções com outras organizações, o que torna essa superluta algo extremamente improvável. Enquanto isso, ciente de que o duelo com Jones é algo improvável, Francis Ngannou colocará as luvas de boxe para enfrentar o atual campeão dos pesos-pesados do Conselho Mundial de Boxe (WBC), Tyson Fury no dia 28 de outubro, em Riad, na Arábia Saudita. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *