2153594412.0
Lutas Boxe

Oleksandr Usyk tira a invencibilidade de Tyson Fury e unifica cinturões em luta apertada

Oleksandr Usyk unificou os quatro cinturões dos pesos pesados de boxe com uma vitória por decisão dividida diante de Tyson Fury, que até então estava invicto a 35 lutas, com 34 vitórias e um ‘no Contest’.

O combate foi extremamente equilibrado, com Fury um pouco melhor na primeira metade e Usyk na segunda, o que dificultou bastante a vida dos árbitros e gerou essa decisão dividida.

A Kingdom Arena, em Riyadh, na Arábia Saudita, viu uma das disputas de cinturão mais acirradas da história do boxe, o que deixa clara a possibilidade de revanche, já que para alguns Tyson Fury poderia ter vencido.

A luta foi tudo o que os fãs esperavam, com Usyk mais dinâmico, cortando ângulos e fazendo Fury andar para atrás, mas com o britânico acertando os golpes mais fortes.

Equilíbrio e vitória de Usyk 

O primeiro round foi muito parelho pelos golpes limpos de Fury, porém, o segundo terminou com a vantagem clara de Usyk.

A partir do terceiro round, Tyson Fury achou a melhor distância e se defendeu bem para contragolpear com eficiência. Desta forma ele levou também o quarto assalto.

Fury foi bem melhor no quinto round, encontrando brechas no jogo do ucraniano para contragolpear. Usyk pressionava, mas o Gypsy King era quem dava as cartas. 

Quando parecia que Tyson Fury controlaria o combate, Oleksandr Usyk explodiu no sétimo assalto com belas combinações e muito mais velocidade, abrindo um sangramento no britânico.

Pontuando muito bem no oitavo assalto, Usyk foi ganhando mais confiança. E, já no nono round, uma combinação de jab e direto do ucraniano fez Fury balançar, se apoiando nas cordas para não cair.

Neste momento, muito pensaram que Fury não duraria até o final. Entretanto, mesmo perdendo claramente o 10º e o 11º assaltos, o Gypsy King demonstrou uma resistência absurda.

No 12º, Tyson Fury, mesmo com menos volume, acertou bombas que mostravam que ele estava muito vivo, ganhando surpreendentemente o último assalto e colocando dúvidas na cabeça dos juízes e de todos que assistiram essa luta fantástica.

Oleksandr Usyk comemora vitória diante de Tyson Fury e unificação dos cinturões dos pesos pesados
Oleksandr Usyk comemora vitória diante de Tyson Fury e unificação dos cinturões dos pesos pesados (Imagem: Richard Pelham/Getty Images)

 

Usyk coloca o nome “ainda mais” na história

No fim, com 115-112, 113-114 e 114-113, Oleksandr Usyk unificou todos os cinturões dos pesos pesados, assim como fez no peso cruzador e, ainda invicto, o ucraniano fez história, se colocando como um dos maiores lutadores de todos os tempos, pois derrotou os dois principais lutadores da categoria nesta era, Anthony Joshua, duas vezes, e agora Tyson Fury.

Como a luta foi bastante parelha, existe enorme possibilidade de uma revanche, inclusive sendo ventilada já para outubro deste ano. O boxe vive!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *