jorge palmeiras
Futebol Brasileirão

Palmeiras rescinde contrato com Jorge

Nesta quinta-feira (7), o Palmeiras rescindiu o contrato com o lateral-esquerdo Jorge. O jogador, que estava emprestado ao Santos, não seguirá no clube para o restante da temporada. A rescisão foi formalizada antes do encerramento da janela de transferências, proporcionando ao atleta a liberdade para buscar um novo clube.

Essa medida permite ao Palmeiras reduzir os custos associados ao jogador, uma vez que Jorge concordou em renunciar a parte dos valores que lhe seriam devidos. O contrato entre Jorge e o Palmeiras estava originalmente vigente até o final de 2025. No entanto, o técnico Abel Ferreira não via espaço para o lateral no atual elenco, comunicando ao jogador que ele não se alinhava ao perfil da comissão técnica.

Contratado em 2021 com grandes expectativas, Jorge não conseguiu se estabelecer na posição, enfrentando altos e baixos ao longo de sua passagem pelo clube. Em toda sua passagem pelo Verdão, o atleta de 27 anos participou de 31 partidas, sem marcar gol ou assistência. Em 2023, Jorge também foi emprestado ao Fluminense, onde realizou apenas quatro partidas.

São Paulo x Palmeiras: FPF reconhece erros de arbitragem

Nesta quinta-feira (7), o São Paulo recebeu um documento da Federação Paulista de Futebol confirmando erros de arbitragem no último domingo. De acordo com informações divulgadas inicialmente pelo “GE”, a FFP encaminhou um ofício para a direção do trcolor paulista apontando erros de arbitragem em lances que ocorreram no clássico contra o Palmeiras.

Segundo a análise da FPF, o volante Richard Rios deveria ter sido expulso pelo árbitro Matheus Delgado Cancançan pela entrada dura em cima de Pablo Maia, do São Paulo. Além disso, a Federação também concorda que Luciano sofreu pênalti em lance ocorrido no segundo tempo, sendo que o árbitro chegou a ser chamado pelo VAR para rever o lance, mas manteve a decisão inicial de não considerar ação faltosa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *