vasco vitoria
Futebol Brasileirão

Payet tem noite de garçom e Vasco vence o Vitória em São Januário por 2 a 1

Na noite deste domingo (12), o Vasco da Gama recebeu o Vitória no São Januário em duelo válido pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após um primeiro tempo fraco para ambos os lados, o time cruzmaltino conseguiu entrar bem na segunda etapa e contou com Payet sendo o garçom para vencer o duelo por 2 a 1.

Análise e resumo da partida:

O desenho do confronto ficou claro desde o apito inicial. O Vasco tentou se impor no campo ofensivo, buscando sempre acionar os atacantes dos lados (David e Rossi) para tentar uma jogada de efeito. Com a volta de Payet, o time cruzmaltino conseguiu reter mais a bola no campo defensivo do Vitória, mas o francês foi um oásis em meio a um deserto de ideias. Sforza e Galdames agregaram pouquíssimo ofensivamente, e Pablo Vegetti pouco encostou na bola.

O Vitória, por outro lado, teve uma postura muito mais defensiva, jogando com três zagueiros e uma linha de meio-campo bastante recuada com quatro atletas, com Matheusinho sendo o único “escape” para tentar ligar contra-ataques rápidos com Rodrigo Andrade e Alerrandro. No entanto, apesar de conseguir sair em transições rápidas com frequência pelo lado direito por Piton estar sempre muito avançado, o Leão praticamente não conseguiu levar perigo ao gol de Léo Jardim.

Ao todo, o Gigante da Colina teve duas boas chances durante os 45 minutos iniciais – a primeira, com Payet, que bateu já dentro da área, mas viu o zagueiro Reynaldo interceptar o chute antes de chegar em Lucas Arcanjo. Depois, com Galdames, que arriscou um chute de fora da área e contou com um desvio na defesa do Vitória para levar perigo ao gol adversário.

A melhor chance do vitória foi justamente em uma jogada de contra-ataque; Janderson disparou pela direita, deu um lindo drible em Piton e cruzou rasteiro para Matheusinho na entrada da área. O meia, mesmo completamente livre, isolou o chute.

Vasco com outra cara no segundo tempo e Payet decisivo

O Vasco voltou com muito mais ímpeto do intervalo após um primeiro tempo de pouquíssima produção. Mesmo sem conseguir criar chances claras, o time cruzmaltino manteve a bola no ataque – e acabou sendo recompensado por isso. Aos sete minutos, Payet cobrou escanteio e Maicon subiu alto na primeira trave para cabecear e colocar a bola no fundo da rede, abrindo o placar em São Januário.

Apenas dois minutos depois, mais um gol vascaíno, e novamente com assistência do garçom Payet. Desta vez, o francês fez um lançamento fantástico da intermediária em direção a Vegetti na pequena área; o argentino apareceu no segundo poste e se esticou para conseguir colocar a bola no fundo da rede.

O Vitória passou a atacar mais após levar o segundo gol, mas o Vasco conseguiu se manter bem e levar perigo ao gol adversário graças à boa entrada de Adson, que substituiu Rossi. Com uma boa condução em jogadas de contra-ataque, o meia fez com que a defesa do Leão, ao menos, tivesse uma preocupação. No ataque, o time visitante tentava com frequência atacar pelos lados, chegando na linha de fundo e tentando o cruzamento.

O cruzmaltino teve a oportunidade de ampliar com Sforza em cobrança de falta, com a bola indo no travessão. O Vitória também teve uma chance claríssima de gol; PK cruzou pela esquerda e encontrou Zé Hugo, que ajeitou de cabeça para Iury Castilho, praticamente debaixo do gol. Finalizando de primeira, o atacante do Leão fez aquilo que parecia ser o mais difícil: errar o chute e acertar o travessão.

Na reta final do confronto, o Vitória parecia sem energia e totalmente desorganizado para tentar conseguir buscar o empate. No entanto, aos 42 minutos, em um lance de contra-ataque, o Leão marcou seu primeiro gol na partida: Mateus Cocão perdeu a posse e o Vitória engatilhou um bom contra-ataque com Jean Mota. Ele finalizou, o goleiro Léo Jardim deu rebote e Iury Castilho aproveitou para marcar.

No entanto, as esperanças de conseguir o empate se esvairam após Camutanga levar o cartão vermelho direto por conta de uma entrada dura e fora da jogada em Praxedes. O árbitro Raphael Claus ainda tentou dar uma “apimentada” na partida após adicionar mais quatro minutos de acréscimos quando a decisão inicial foi de seis minutos, levando o confronto até os 55. No entanto, nenhuma das equipes conseguiu fazer algo neste tempo.

Resultado: Vasco 2 x 1 Vitória

Com os três pontos, o Vasco deixou o Z4 e subiu para a 13ª colocação do Campeonato Brasileiro. Já o Vitória segue sem vencer na competição, somando apenas um ponto e figurando na 18ª colocação. O próximo duelo do cruzmaltino é contra o Flamengo, no sábado (18). Já o Leão enfrenta o Atlético-GO, também no sábado.

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *