Roland Garros Djoko
Tenis Roland Garros

Roland Garros: Confira o caminho dos favoritos rumo ao título do Grand Slam

O Roland Garros finalmente está chegando e por aqui, junto a Playmaker Brasil nesta sexta-feira (24), apresentaremos o caminho dos principais favoritos à conquista deste Grand Slam. Com fortíssimos candidatos na competição, sem esquecer de uma leve atenção para os brasileiros, que fizeram questão de encher fase principal.

Confira abaixo:

Roland Garros Djoko
(Foto: Getty Images)

 

Abrindo as portas com Novak Djokovic no nosso tão amado saibro de Roland Garros. O sérvio terá de enfrentar Pierre-Hugues Herbert na primeira fase do torneio francês, caso consiga passar, o que é imaginado, terá o vencedor de Carballés e Lestienne na segunda. Partindo para a terceira, porque o número 1 do mundo não pode cair tão cedo num Grand Slam, já temos o caldo dando uma leve engrossada com Musetti, Monfils ou o brasileiro Thiago Wild.

Numa quarta rodada, já aparecem os nomes de Cerundolo e Paul, nas quartas de final surgem Casper Ruud e Taylor Fritz. Indo para as semis contamos com Zveref, Nadal, Rune ou Khachanov. Com a finalíssima em sua mãos, o top 3 tem chances de se enfrentar, com Carlos Alcaraz e Jannik Sinner surgindo como opções para impedir o título de Novak Djokovic em Roland Garros.

Jannik Sinner Masters 1000 de Monte Carlo Roland Garros
Divulgação

 

Com o número 2 do mundo, Jannik Sinner sendo o próximo a ser acompanhado de perto pela Playmaker Brasil, apresentaremos sem destino em Roland Garros. O italiano abre os trabalhos com Monfils, ao vencer, terá Borna Coric ou Richard Gasquet. Depois desses adversários, o jovem atleta teria experientes oponentes a seguir, com Stan Wawrinka ou Andy Murray como adversários.

Na segunda semana, a América do Sul entraria em quadra diante de Sinner no Roland Garros, com Nicolás Jarry ou Sebastián Báez. É esperado que o italiano não cai nesta altura do Grand Slam, apesar de estar atuando no saibro, esperando-se que chega a enfrentar Hubert Hurkacz nas quartas e depois, Carlos Alcaraz na semifinal.  Para encerrar os trabalhos, seria Djokovic, seu último obstáculo na final.

Alcaraz Madrid Roland Garros
Foto: Divulgação/Mutua Madrid Open

 

Agora com Alcaraz no Roland Garros, o espanhol também não teria vida fácil. Depois de ter se lesionado no saibro do Rio de Janeiro, ele não tem conseguido fazer bons jogos no piso, o que pode ser um problema para o tenista no Grand Slam. Entretanto, iniciará suas tarefas no torneio diante de J.J Wolf. Ao passar do norte-americano, já terá Draper na segunda rodada, com a terceira contando com a presença de Korda ou Ruusuvuori.

Na quarta fase, a situação fica um pouco mais complicada, com Auger-Aliassime ou Shelton como adversário. Caso consiga passar, Rublev e Tsitsipas tornam-se opção como oponentes, com a possibilidade de encontrar Sinner, Dimitrov, Hurkacz ou Jarry na semifinal. Enquanto a final pode haver Djoko, Nadal, Zverev, Medvedev, Rune ou Ruud.

WTA no Roland Garros

Iga Swiatek Roland Garros
(Foto: Divulgação/BNP Paribas Open)

 

Partindo para as mulheres no Roland Garros, contamos com Iga Swiatek, a número 1 do mundo, começando contra uma qualifier, algo mais leve para a polonesa, que já terá em seguida, Naomi Osaka. Sem vida fácil no torneio parisiense, o terceiro embate seria possivelmente com Veronika Kudermetova, em seguida com Barbora Krejcikova. Nas quartas de final, Marketa Vondrousova é esperada para estar nesta fase da competição.

Com as semifinais pela frente, Coco Gauff, Ons Jabeur ou Jelena Ostapenko seriam rivais iminentes para a Swiatek em Roland Garros. Com uma finalíssima diante de Aryna Sabalenka, atual número 2 do mundo.

Sabalenka Madri Roland Garros
(Foto: Divulgação/WTA 1000 de Madri)

 

Agora com a bielorrussa e também segunda do ranking da WTA, Sabalenka estará em busca de conquistar pontos para ultrapassar Iga, porém, sua vida não deve ser das mais fáceis. Começando com Erika Andreeva na primeira fase, tem chances de pegar uma jogada do qualify na seguinte. Na terceira, Badosa pode aparecer, assim como Katie Boulter ou Sloane Stephens.

Na segunda semana, Maddison Keys ou Emma Navarro devem entrar em quadra diante de Aryna em Roland Garros, assim como nas quartas de final, Maria Sakkari ou Victoria Azarenka são opções. Na semifinal a parada vai esquentar um pouco mais, com Elena Rybakina e ficando no aguardo de um embate dos sonhos entre número 1 e 2 do mundo na final.

Bia Haddad Roland Garros
Divulgação/WTA

 

Finalizando com a nossa brasileira, Bia Haddad, que precisará fazer uma bela campanha em Roland Garros, por conta de ter alcançado as semifinais na última vez. Ao Iniciar sua jornada no torneio, terá Cocciaretto como primeiro obstáculo, partindo para a próxima fase com Busca ou uma qualifier. A terceira rodada já pode ter Samsonova, Linette ou Anisimova, esperando que a paulista vá a próxima chave, terá Coco Gauff ou Yastremska como oponente.

Até chegar nesse momento, teremos de torcer bastante pela Bia no saibro, ao atingir as quartas de final, já poderá encontrar Ons Jabeur novamente, Ostapenko ou até, Garcia. Indo para as semifinais, onde terá defendido todos os seus pontos, terá a chance de bater de frente com Iga Swiatek, assim como aconteceu na última oportunidade, Vondrousova ou Collins. Para fechar as portas com o título, Sabalenka ou Rybakina precisam ser derrotadas pela brasileira na final.

Foto: JULIEN DE ROSA / AFP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *