Santos Cueva
Futebol Série B

Santos paga dívida por Cueva e espera fim do transfer ban

O Santos confirmou nesta terça-feira (2) que chegou a um acordo com o Krasnodar e quitou a dívida referente à contratação de Cueva. Com isso, o Peixe aguarda pela derrubda do transfer ban imposto pela Fifa para contratar novos jogadores antes do início do Brasileirão Série B 2024.

A dívida de US$4,5 milhões de dólares (R$22,7 milhões) será paga em quatro prestações até o dia 25 de junho deste ano. A conclusão do negócio ocorreu durante a manhã nesta terça-feira em uma reunião virtual ocorrida com a participação de ambas diretorias.

O efeito prático do encerramento o transfer ban consiste na liberação de registro de novos jogadores no BID, o Boletim Informativo Diário da CBF sistema que registra todos os jogadores de todas as equipes do futebol brasileiro.

Atraso na última parcela complicou Santos

Essa dívida começou em 2021 na gestão de Andres Rueda, quando o Peixe atrasou a última parcela do pagamento pela contratação de Cueva em um acordo assinado com o Krasnodar no início de 2019. Os russos não concordaram em realizar um novo parcelamento (aproximadamente R$15 milhões) e o Krasnodar acionou a Fifa.

Cabe relembrar que essa dívida não possui nenhuma relação com o processo vencido pelo Santos contra Cueva, que deixou o clube alegando “justa causa” ao fechar acordo com o Pachuca-MEX. O clube brasileiro venceu o processo e recebeu aproximadamente R$24 milhões.

O Santos se aproximou da contratação de Junior Alonso em 2023, mas a dívida ainda pendente dificultou as negociações com o Krasnodar. Os russos chegaram a cogitar fazer negócio desde que o Peixe liberasse o zagueiro Joaquim buscando quitar a dívida, mas não houve negócio.

Chance de levantar taça no final de semana

Neste domingo, o Santos entrará em campo para disputar a decisão do Campeonato Paulista contra o Palmeiras, no Allianz Parque. Um empate simples garante o tíitulo para o Peixe, que conseguiu abrir vantagem de 1 a 0 no placar agregado após vitória no jogo de ida.

Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *