Torino
Futebol Serie A

Com direito a “Lei do Ex”, Torino vence Milan por 3 a 1 pela Serie A

Na tarde deste sábado (18), o Torino recebeu o Milan no Stadio Olimpico de Turim pela 37ª rodada do Campeonato Italiano. O Toro bateu os Rossoneris pelo placar de 3 a 1. Duvan Zapata, Ivan Ilic e Ricardo Rodriguez marcaram para os donos da casa, enquanto Bennacer descontou de pênalti.

 

Primeiro Tempo

A etapa inicial começou como um jogo estudado e de um número considerável de faltas. A primeira chance do jogo só aconteceu, de fato, aos 19 minutos, com um passe curto para Adrien Tameze, que soltou a bomba, mas a bola foi por cima do gol. Seis minutos depois, a primeira chance rossoneri aconteceu. Okafor recebeu um belo passe de Reijnders, saiu de frente para o alvo, mas desperdiçou a chance.

No minuto seguinte, os donos da casa tiram o zero do placar: Ricardo Rodriguez faz um belíssimo cruzamento, na medida para Duvan Zapata testar à queima-roupa, sem chances para Sportiello. Aos 37, Zapata se esquiva de muitos marcadores, mas acaba esbarrando em outro e não consegue converter em gol. 3 minutos depois, o Torino amplia: Bellanova cruza e o sérvio Ilic testa para a rede, fazendo 2×0 no marcador. Aos 42, Pulisic recebe a bola em ótimas condições, mas perde uma chance inacreditável para o Milan.

 

Segundo Tempo

Logo no primeiro minuto da etapa final, a lei mais eficaz do futebol entra em ação: a lei do ex. O suíço Ricardo Rodriguez recebe a bola e arrisca de fora da área, a bola ainda toca na trave e ganha o ângulo esquerdo de Sportiello, fazendo Torino 3×0. Aos 4, os visitantes quase diminuem. Falta cobrada por Bennacer e levantamento para a área, a defesa grená afasta. Na sobra, Pulisic solta a bomba, e a bola pega no travessão.

No minuto seguinte, persiste a pressão. Desta feita com Jovic. Ele sai em velocidade, finaliza pro gol e Milinkovic-Savić faz uma belíssima defesa e evita outra vez o gol. Aos 8, Masina agarra a camisa e Ermano Feliciani não hesita em marcar pênalti para o Milan. O argelino Ismael Bennacer vai pra bola e converte, mandando uma cobrança no canto direito de Milinkovic-Savić. Depois do placar mais confortável, e apesar do gol sofrido, o jogo se tornou morno, sem muitas chances realmente perigosas para ambos os lados.

Aos 42, uma das últimas chances do jogo foi com Rafael Leão. O português passou por dois adversários, invadiu a área, finalizou no canto direito, mas Milinkovic-Savić defendeu muito bem.  Aos 45, foi a vez de Reijnders tentar finalizar. Ele chegou perto da área, finalizou rasteiro de maneira despretensiosa, mas a bola foi no meio do gol e o goleiro grená pegou sem demais problemas. No minuto seguinte, foi a vez do Torino ir em busca do quarto gol: Linetty resolveu arriscar de voleio, e a bola passou rente a trave.

F.T.: Torino 3-1 Milan.

 

Análise Final

Com um jogo que começou estudado e faltoso, o Milan esbarrou na ineficiência nas chances que teve. Vitória justa do Torino, que poderia ter feito mais gols até, se aproveitasse melhor as chances que perdeu. O resultado positivo dá um ânimo a equipe de Turim e a mantém viva na briga por uma vaga para a UEFA Europa Conference League.

Com a vitória, o Torino chega a 53 pontos e se aproxima da zona dos 8 classificados para as competições UEFA, estando a apenas um de distância da oitava colocada e momentaneamente classificada para UEFA Europa Conference League, a Fiorentina. O Milan, mesmo com o revés, é vice-campeão e não pode mais ser ultrapassado pelo 3° lugar, o Bologna, que está com 67 pontos, a sete de distância.

Restando uma rodada para acabar o campeonato, o grená volta a campo no próximo domingo (26), quando enfrenta a Atalanta, fora de casa, às 10h. No mesmo dia e horário, no San Siro, o Milan enfrenta a já rebaixada Salernitana.

(Foto: Divulgação/ Torino F.C.)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *