Carlo Ancelotti Vini Jr
Futebol UEFA Champions League

Para Ancelotti, Vini Jr é o bola de ouro: ‘não há dúvidas’

O técnico do Real Madrid, Carlo Ancelotti, apoia a campanha para premiar Vinicius Júnior como o melhor jogador do mundo e dá nota 10 pelo seu desempenho na temporada.

Carlo Ancelotti está confiante. Para ele, o prêmio de melhor jogador do mundo na temporada 2023/24 já tem dono: Vinicius Junior. Após o brasileiro marcar um dos gols na vitória por 2 a 0 do Real Madrid sobre o Borussia Dortmund na final da Champions League, o treinador italiano reafirmou seu apoio à premiação do camisa 7.

“Vinicius é Bola de Ouro. Não há dúvidas”, declarou Ancelotti à Rádio Cadena SER.

Relação entre Ancelotti e Vini Jr

Os dois se comunicaram bastante durante a partida. A imprensa espanhola até revelou que o treinador foi mais exigente com o brasileiro no intervalo do jogo em Wembley. No final, Ancelotti substituiu Vini Jr. para que ele pudesse receber a ovação do público.

Eles se abraçaram e trocaram palavras afetuosas durante a substituição e na cerimônia de premiação do Real Madrid. Em entrevista ao canal Movistar+, Vinicius destacou o papel fundamental do treinador na conquista do título.

“(A influência de Ancelotti) é em tudo. Com um grupo como este, ninguém tem ego, todos têm humildade, trabalhando um para o outro e, no final, aconteça o que acontecer, a gente sempre ganha”, reforçou o brasileiro.

Ancelotti alcançou sua quinta conquista como técnico na Champions League, sendo a terceira enquanto estava à frente do Real Madrid. O italiano, prestes a completar 65 anos, também possui dois títulos como jogador. Com seu contrato estendido até 2026 no clube merengue, ele já está de olho na próxima taça. E, desta vez, sem hesitação, ele enalteceu seu trabalho.

“Muitas vezes vocês (imprensa) me pedem uma nota para o trabalho. Eu ganho um 10 desta vez. Esta temporada é uma temporada de nota 10, porque lidamos muito bem com ela e meus jogadores têm sido fantásticos”, reiterou Ancelotti.

O treinador enfrentou grandes desafios durante a temporada 2023/24. Ele lidou com as ausências do goleiro Courtois e do zagueiro Militão por quase toda a temporada, além da ausência de Vinicius Junior entre outubro e fevereiro. Além disso, introduziu inovações táticas que contribuíram para a conquista tranquila do Campeonato Espanhol e da 15ª Champions League do Real Madrid.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *