Carille Corinthians santos
Futebol Brasileirão

Corinthians está indeciso em relação ao seu novo treinador

O Corinthians demitiu António Oliveira após a derrota diante do Palmeiras no Allianz Parque por 2 a 0. Depois dessa movimentação, a equipe paulista colocou Fábio Carille como prioridade e Ramón Díaz como plano B, na intenção de substituir o cargo de treinador. Entretanto, alguns problemas foram encontrados, deixando a decisão nas mãos do Timão.

Com Carille no comando do Santos, a situação se tornou problemática, principalmente pelo fato do Corinthians ter a necessidade de pagar a multa rescisória para contar com o profissional. Depois de ter feito o mesmo com António, enquanto ele estava no Cuiabá, a equipe paulista tem assumido uma posição mais cautelosa sobre suas decisões.

Ramón Díaz surgiu como principal escolha pela facilidade de negócio. O argentino está livre no mercado desde o 4 a 0 sofrido pelo Vasco diante do Criciúma em São Januário, o que resultou em sua demissão do time cruzmaltino. Nesta última quarta-feira (3), as conversas com o experiente treinador haviam avançado e estavam bem próximas de um ponto final positivo para os dois lados.

Entretanto, o Corinthians decidiu por congelar as negociações, por conta da resposta do empresário de Carille, que pediu pela espera do clube paulista.

Situação do Corinthians

Neste momento, o Timão se encontra indeciso sobre a posição que terá de tomar, em dúvida sobre a execução de multa de Carille, ao mesmo tempo que tem um negócio encaminhado com Ramón Díaz. O experiente treinador argentino também tem conversas com o Vasco, por um retorno, porém, tem dado mais foco ao Corinthians por agora.

Foto: Pedro Zacchi/Gazeta Press