Eurocopa
Futebol Eurocopa

Eurocopa: Daku, da Albânia, é suspenso por cânticos ofensivos

Neste domingo, 23, a UEFA anunciou oficialmente a suspensão de Mirlind Daku, da Albânia. Durante a Eurocopa, na partida entre Albânia e Croácia, o atacante utilizou um megafone para realizar cânticos ofensivos contra a Sérvia e a Macedônia do Norte. O jogador foi suspenso por duas partidas.

“Daku será suspenso por um total de dois jogos das competições de seleções representativas da UEFA, para os quais seria elegível”, confirmou um comunicado da entidade que comanda o futebol europeu.

“[Daku] não cumpriu os princípios gerais de conduta, violou as regras básicas de conduta decente, utilizou eventos desportivos para manifestações de natureza não desportiva e trouxe descrédito ao desporto futebol.”

Por conta da suspensão, Daku, que pediu desculpas por suas ações, perderá o jogo de segunda-feira, 24, contra a Espanha, em Dusseldorf, com a Albânia brigando para se classificar para a próxima fase. Além disso, também desfalcará a seleção caso ela se classifique para as oitavas de final.

A Albânia também foi multada em 47 mil euros pela utilização de fogos de artifício, invasão de campo e mensagens ofensivas. Além dela, a Croácia foi multada em 28 mil euros por uso de fogos de artifícios em direção ao campo.

Eurocopa: Mirlind Daku, Albânia (Foto: Getty Images)
Eurocopa: Mirlind Daku, Albânia (Foto: Getty Images)

Eurocopa

Recentemente, devido aos cânticos, a Sérvia ameaçou deixar a Eurocopa caso a UEFA não fizesse nada sobre o assunto. Jovan Surbatovic, secretário geral da Federação da Sérvia, condenou o “comportamento racista vergonhoso” dos torcedores albaneses e croatas.

Na última semana, o jornalista Kosovar Arlind Sadiku teve suas credenciais midiáticas canceladas pela UEFA. O jornalista teria, alegadamente, feito um gesto nacionalista para os torcedores da Sérvia durante o jogo contra a Inglaterra.

Um comunicado divulgado pela UEFA dizia: “A UEFA pode confirmar que um jornalista teve a sua acreditação cancelada devido a má conduta no jogo da UEFA EURO 2024 entre a Sérvia e a Inglaterra, a 16 de Junho de 2024.”

(Foto: Getty Images)