Felipe Meligeni
Tenis Australian Open

Felipe Meligeni fica pelo caminho no quali do Australian Open

Na madrugada desta quinta-feira (11), o brasileiro Felipe Meligeni enfrentou o holandês Jesper de Jong na segunda rodada do qualifying do Australian Open, após uma vitória impressionante na primeira rodada. Contudo, o brasileiro não conseguiu manter o mesmo desempenho e foi derrotado em sets diretos por 7/6 (7-5) e 6/1, após uma batalha de 1 hora e 43 minutos.

Com essa derrota,Thiago Seyboth Wild permanece como o único representante brasileiro na chave masculina de simples em Melbourne. Vale destacar que Thomaz Bellucci foi o último tenista do país a superar o qualifying masculino em 2014, um feito alcançado por apenas outros quatro brasileiros: Ricardo Hocevar (2010), Ricardo Mello (2004), Marcos Daniel (2003) e Márcio Carlsson (1999).

Saque não ajuda Felipe Meligeni

O desempenho de Meligeni foi afetado pelo seu saque, conquistando apenas 51% dos pontos disputados. Além disso, sua precisão deixou a desejar, cometendo 35 erros não forçados e registrando 24 bolas vencedoras. Do lado holandês, Jesper de Jong apresentou 28 winners e 24 erros não forçados.

O primeiro set foi bastante disputado, com Meligeni liderando a maior parte do tempo. Apesar de abrir 2/0, ele perdeu a vantagem no quarto game, mas conseguiu uma quebra no quinto, mantendo-a até a reta final. Entretanto, ao sacar em 5/4, perdeu o serviço no décimo game, levando a decisão para o tiebreak, onde De Jong conquistou uma pequena vantagem e fechou em 7-5.

Após a perda do primeiro set, o desempenho de Felipe Meligeni decaiu na partida. Sofreu duas quebras consecutivas e desperdiçou quatro break-points no quarto game na tentativa de reverter a situação. Infelizmente, o brasileiro não conseguiu encontrar forças para uma reação, sofrendo mais uma quebra no sétimo e último game da partida.

Com essa eliminação, a atenção dos fãs brasileiros se volta agora para Wild, o único representante do país na chave masculina do Australian Open. O brasileiro vai medir forças contra o atual número 5 do mundo, Andrey Rublev, tentando repetir o feito do ano passado ao vencer um top 5 do mundo. Na ocasião, ele venceu Daniil Medvedev em Roland Garros.

(Foto: Divulgação/ATP)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *