Flamengo Millonarios
Futebol Libertadores

Flamengo goleia Millonarios e avança às oitavas da Libertadores

O Flamengo cumpriu com seu favoritismo nesta terça-feira (28) e goleou o Millonarios-COL com o placar de 3 a 0 no Maracanã. A partida válida pela 6ª e última rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores definiu os rumos do rubro-negro no Grupo E, que teve o surpreendente Bolívar fechando a tabela de classificação em primeiro lugar.

A vitória fez com que o Flamengo se classificasse, mas apenas segundo lugar no grupo, pois o Bolívar venceu o Palestino e chegou a 13 pontos.

Flamengo dominante desde o início

Tite contou com os retornos de Pulgar e Bruno Henrique após lesão, enquanto o meio-campo consistiu em Allan, De la Cruz, De Arrascaeta e Gerson, com Everton Cebolinha e Pedro mais à frente. Do outro lado, o já eliminado Millonarios (que teve Leonardo Cstro lesionado) entrou com  escalação mista, pensando na sequência do Campeonato Colombiano.

Como esperado, o Flamengo teve amplo domínio desde o primeiro minuto e rapidamente traduziu isso em gols. Logo aos 6′, Giraldo recuou para Montero que demorou a reagir e acabou vendo Pedro dando bote preciso para dominar e facilmente abrir o placar, deixando o clima do Maracanã extremamente favorável na sequência da partida.

Após duas tentativas mal sucedidas de Nicolás de la Cruz, o rubro-negro enfim ampliou o placar aos 25 minutos de forma inusitada. David Luiz limpou a marcação pela direita em grande jogada individual e deixou na medida para Gerson cruzar na grande área, mas Vargas acabou falhando na tentativa do corte e marcou gol contra.

A única chance de real perigo do Millonarios veio aos 35′, quando Emerson Rodríguez fez boa jogada individual pela direita e cruzou achando David Silva na pequena área, mas a bola saiu com enorme perigo pelo lado esquerdo do goleiro Rossi, que pouco trabalhou durante o jogo.

Antes do intervalo, mesmo com menos intensidade do que o volume demonstrado no início da partida, o Flamengo definiu a vitória aos 43′ com o terceiro gol. Viña fez passe na frente de Pedro, que saiu no 1v1 contra Montero e finalizou nas redes. O gol foi anulado inicialmente, mas o VAR checou e reverteu a decisão inicial ao ver que Pedro estava em posição legal.

Expulsão de Bruno Henrique marcou 2º tempo

Logo no início do segundo tempo, o Flamengo quase ampliou com um golaço. Varela cruzou em direção ao meio da área e Pedro armou um voleio sensacional, mas Montero fez duas defesas. Na sequência, De la Cruz tocou na meia-esquerda para De Arrascaeta arriscar chute de fora da área, saindo com perigo pelo lado esquerdo.

Aos 11′, Everton Cebolinha fez ótima jogada individual pelo lado esquerdo e chutou colocado, saindo com perigo novamente pelo lado esquerdo. Com 20 minutos do segundo tempo, o Millonarios enfim chegou da mesma forma: Emerson Rodríguez fazendo passe para David Silva surpreender com chute de fora da área, mas Rossi buscou no canto direito.

Na reta final, Tite fez diversas alterações e promoveu as entradas de Luis Paredes, Nicolás Arévalo, Lorran e Bruno Henrique, mas o retorno do atacante durou apenas um minuto dentro de campo. Aos 37′, em jogada no meio-campo, Bruno Henrique errou o tempo de corte e acabou acertando Paredes com as duas travas da chuteira no joelho.

O árbitro inicialmente aplicou cartão amarelo, mas o VAR chamou e a decisão foi revertida para cartão vermelho, deixando o atacante muito desolado na saída de campo, pois Bruno desfalcará o Flamengo nas oitavas de final.

Flamengo 3-0 Millonarios

Imagem: Conmebol

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *