Estreia; Mano Menezes; Fluminense e Internacional ficam no empate
Brasileirão Futebol

Fluminense e Internacional empatam no Maracanã na estreia de Mano Menezes

No Maracanã, na estreia do técnico Mano Menezes no comando do Fluminense, a equipe Tricolor Carioca e o Internacional empataram em 1 a 1 pelo Campeonato Brasileiro. Igor Gomes abriu o placar para o time de Coudet em um belo gol, e Ganso igualou para a equipe de Mano Menezes no último lance do primeiro tempo. O empate, apesar de interromper uma sequência de 6 derrotas seguidas do Tricolor, foi um resultado desfavorável, visto que o time permanece na lanterna do campeonato.

Para o Colorado, o empate fora de casa deixa o Inter a três pontos do G6. Após dois empates longe do Rio Grande do Sul, o Inter enfrentará o Vasco da Gama em casa na próxima rodada. Já o Fluminense terá uma sequência de dois jogos fora, começando pelo duelo contra o Fortaleza no próximo domingo (7).

Fluminense e Inter empatam no primeiro tempo

O Internacional começou pressionando desde cedo com uma finalização de Wanderson. Após um passe de Alan Patrick, o atacante finalizou sem marcação, obrigando Fábio a fazer uma grande defesa. Pouco depois, o Fluminense teve sua chance. Alexsander aproveitou um erro de Gustavo Prado e deixou Cano em ótima posição para marcar, mas o argentino acertou a trave.

Keno, minutos depois, avançou sobre Gustavo Prado, mas finalizou longe do gol. Aos 19 minutos, o Inter trabalhou a bola e atraiu a marcação do novo time de Mano Menezes. Bruno Henrique avançou pelo meio de campo e tentou um passe em profundidade para Wanderson, mas Fábio chegou antes.

O jogo era muito disputado e físico. O Fluminense, ao contrário de outros jogos, jogava com mais intensidade e vontade, mas enfrentava dificuldades para acertar o último passe. Já o Colorado marcava bem, mas encontrava problemas para sair da pressão do time comandado por Mano Menezes. Foi o Inter, porém, que abriu o placar. Aos 40 minutos, Alario avançou pelo ataque, cruzou, Antônio Carlos desviou e Igor Gomes finalizou de primeira para vencer Fábio.

Aos 44 minutos, Keno driblou Igor Gomes, passou por Wanderson e cruzou, mas Robert Renan cortou de cabeça. Nos acréscimos, o Fluminense trabalhou a bola de pé em pé no campo de ataque. André passou para Paulo Henrique Ganso, que chutou de longe e a bola morreu no fundo das redes de Fabricio. Empate tricolor, um a um, no último lance do primeiro tempo.

Tudo igual no Maracanã

O novo time de Mano Menezes começou melhor no segundo tempo, mais intenso e correndo bastante. Logo no início, Samuel Xavier cruzou rasteiro, a bola passou por todo mundo e Cano não conseguiu alcançá-la. Minutos depois, o Inter respondeu com Alario chutando colocado e forçando Fábio a fazer uma grande defesa. Keno, novamente, levou a melhor no duelo contra Igor Gomes, mas errou o cruzamento para Germán Cano.

Aos 13 minutos, o Internacional acertou a trave. Bruno Henrique carregou para o meio e lançou com efeito na área. Bruno Gomes desviou de cabeça e a bola tocou na trave. Mano Menezes mexeu no Fluminense e colocou John Kennedy no lugar de Cano e Douglas Costa na vaga de Alexsander. As alterações pioraram o Flu, que se tornou mais vulnerável às subidas do Internacional. Douglas Costa, por exemplo, errou praticamente tudo, entregando vários passes aos jogadores do Inter.

Douglas Costa tentou se redimir após vencer a marcação de Renê, mas seu chute foi defendido por Fabricio. Alan Patrick avançou pelo meio e passou para Bruno Henrique, que bateu cruzado, mas Fábio salvou. Aos 35 minutos, quase a virada do Flu. Fernando se atrapalhou dentro da área, Keno quase roubou a bola, mas o volante conseguiu salvar para o Inter.

A última grande chance de gol do jogo foi do Fluminense, com Gabriel Pires. Guga cruzou, a bola passou por todo mundo e sobrou para Keno, que cruzou novamente para Gabriel Pires cabecear, mas a bola passou por cima da trave. Nos acréscimos, ainda houve um chute de longa distância de Alan Patrick, mas a bola passou longe do gol de Fábio.

Final de jogo: Fluminense 1-1 SC Internacional