Cuiabano treinando pelo Grêmio
Futebol Brasileirão

Grêmio confirma nova lesão muscular de Cuiabano

O Grêmio está de olho em reforços no mercado bola, mas a situação não consegue melhorar e muito disso, são pelas lesões. O Tricolor Gaúcho confirmou nesta terça-feira (6), uma nova lesão muscular do lateral-esquerdo Cuiabano, que estava na mira de diversos clubes do futebol europeu, porém, até o momento não teve um acerto para o jogador seguir para o Velho Continente.

Na última temporada, Cuiabano foi uma espécie de coringa para Renato Gaúcho, pelo fato do atleta ter a capacidade de atuar em múltiplas posições diferentes. Devido a qualidade imposta nas novas áreas em que jogava e sua força física, chamou a atenção de alguns clubes da Europa, em específico da Itália, que se encantaram com o lateral-esquerdo do Grêmio.

Entretanto, o histórico de lesões do profissional não é dos melhores, podendo levar em conta que essa é a segunda lesão muscular de Cuiabano no ano, sendo que é na mesma coxa, o problema. Após os exames, o desconforto que foi revelado pelo lateral, acabou terminando como uma lesão muscular de grau 2 no posterior da coxa esquerda.

O primeiro problema dele havia sido uma lesão de grau 1 no dia 13 de janeiro, isso tudo logo no início da temporada. Cuiabano havia participado da partida diante do Avenida, e já estava falando sobre conquistar espaço no elenco titular do Imortal, na intenção de aproveitar as chances recebidas no Grêmio, porém, não deu tempo para o jogador conseguir ter uma sequência e já está se despedindo dos gramados por novo espaço de tempo.

DM do Grêmio

A situação do Departamento Médico do Grêmio não é das melhores, podendo dizer que ele está vivendo cheio. O tempo passa, mas os problemas continuam sendo os mesmo, desta vez, o atacante Soteldo está lá, reforço do Imortal para essa temporada, sem esquecer de outros nomes, como: o volante Carballo, que se recupera de cirurgia no púbis, e o volante Mila, que operou o joelho direito. Nathan ficou fora da última partida após pancada no tornozelo.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *