Marco Reus Borussia Dortmund
Futebol Bundesliga

Marco Reus anuncia saída do Borussia Dortmund após 12 anos

Marco Reus anunciou nesta sexta-feira (3) que deixará o Borussia Dortmund ao fim da atual temporada, encerrando passagem de 12 anos no clube.

A equipe da Bundesliga afirmou em comunicado que foi mutuamente acordado que o contrato do jogador de 34 anos, que expira em junho, não será renovado. Sua saída encerrará uma passagem de 12 anos no Dortmund, onde voltou vindo do Borussia Monchengladbach em 2012.

A despedida de Marco Reus no Borussia Dortmund

“Estou extremamente grato e orgulhoso por este momento especial no meu clube, o Borussia Dortmund. Passei mais de metade da minha vida neste clube e aproveitei cada dia, embora tenha havido momentos difíceis.

“Já sei que será difícil para mim me despedir no final da temporada. E, no entanto, estou feliz que agora haja clareza e possamos nos concentrar totalmente nos jogos finais importantes que ainda estão pendentes. Temos um grande objetivo em mente e todos queremos alcançá-lo juntos. Para isso precisamos de cada um dos nossos incríveis fãs, a quem gostaria de agradecer expressamente pelo seu incrível apoio ao longo dos anos.”

Um dos maiores ídolos do clube

Marco Reus começou sua carreira na academia do Dortmund, mas saiu em 2006, ingressando no Rot Weiss Ahlen. Depois, jogou pelo Monchengladbach entre 2009 e 2012 antes de retornar ao Borussia Dortmund, onde disputou 424 partidas, marcando 168 gols e dando assistências em 128 ocasiões.

Durante sua passagem pelo Dortmund, Reus venceu duas DFB-Pokals, duas Supercopas da Alemanha e desempenhou um papel fundamental para que sua equipe chegasse à final da UEFA Champions League em 2013. Também foi eleito o jogador de futebol do ano na Alemanha em 2012 e 2019. Por fim, atuou 48 vezes pela seleção da Alemanha no período.

“Marco Reus é um dos maiores jogadores deste clube. Ele nasceu em Dortmund, jogou quase dez anos nas categorias de base, esteve no time profissional por doze anos e foi capitão do nosso time por muito tempo.”

Presidente-executivo do Dortmund, Hans-Joachim Watzke

Imagem: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *