GC OsCgWoAAyI k
Tenis

Nadal tem mais uma atuação dominante e avança em Brisbane

Em sua segunda participação no circuito após um ano afastado, Rafael Nadal demonstrou mais uma vez sua consistência e assegurou seu lugar nas quartas de final do ATP 250 de Brisbane. Enfrentando o australiano Jason Kubler, 102º no ranking, Nadal concedeu apenas três games, consolidando sua vitória com parciais de 6/1 e 6/2 em uma partida que durou pouco menos de 1h30.

O espanhol, que triunfou sobre Dominic Thiem na primeira rodada do torneio, manteve seu serviço intacto nos dois jogos disputados em Brisbane até o momento. Este torneio marca o retorno de Nadal às competições desde o Australian Open do ano passado, após um período prolongado afastado devido a lesões e uma cirurgia no quadril, e o nível do espanhol não está decepcionando.

Na próxima fase, Nadal enfrentará o australiano Jordan Thompson, classificado como 55º no ranking, que avançou para as quartas beneficiado pela desistência do francês Ugo Humbert. O espanhol possui histórico favorável nos confrontos anteriores com seu próximo oponente, tendo vencido os dois encontros em 2020 e 2022. A partida está agendada para sexta-feira às 7h (horário de Brasília).

No mesmo lado da chave de Nadal, encontra-se o búlgaro Grigor Dimitrov, 14º no ranking e cabeça de chave número 2 do torneio, que enfrentará o australiano Rinky Hijikata nesta sexta-feira. As quartas de final também apresentam outros confrontos emocionantes, incluindo o dinamarquês Holger Rune contra o australiano James Duckworth, e o italiano Matteo Arnaldi enfrentando o russo Roman Safiullin.

Nadal dominante

A atuação dominante de Nadal começou desde o início da partida, conquistando 12 dos primeiros 13 pontos disputados e estabelecendo uma vantagem inicial de 3/0. Apesar de enfrentar alguns desafios ao sacar para fechar o primeiro set, Nadal manteve sua compostura e garantiu a parcial. Uma das coisas que impressiona é a potência no forehand do espanhol, que causou problemas para Kubler.

Com uma vantagem sólida, o ex-número 1 do mundo demonstrou confiança, controlando os pontos com seu forehand e respondendo eficientemente às tentativas do australiano de trazê-lo para a rede. Kubler até tentou reagir, mas não conseguiu ameaçar o saque de Nadal, que fechou a partida com facilidade para avançar.

(Foto: Site ATP)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *