cbf admite erro de wagner do nascimento magalhaes em santos x coritiba 15039
Futebol

CBF diz que árbitro errou na marcação de pênalti a favor do Coritiba diante do Santos

(por Rafael Maia) O jogo entre Santos e Coritiba gerou muitas discussões, principalmente devido a um pênalti marcado contra o clube paulista. Nesta sexta-feira (27), a CBF divulgou o áudio do VAR no lance que resultou na penalidade a favor do Coxa, que se tornou o único gol marcado pelos visitantes na derrota por 2 a 1 para o Peixe na Vila Belmiro.A entidade máxima do futebol fez questão de afirmar que o árbitro da partida, Wagner do Nascimento Magalhães, cometeu um erro ao marcar o pênalti e continuou com sua decisão após a revisão do vídeo. O jogador que acabou sendo “vilão” na penalidade foi Dodô, que estava envolvido no lance polêmico.O incidente ocorreu aos 10 minutos do primeiro tempo, logo após o lateral-esquerdo Vitor Luis cruzar a bola para Slimani, que estava na área. O jogador argelino não conseguiu controlar a bola, fazendo com que ela batesse no braço de Dodô, que estava de costas para a jogada.Sem hesitar, Wagner interrompeu o jogo e assinalou a infração cometida pelo lateral-esquerdo do Peixe. Em seguida, justificou sua decisão aos jogadores do Santos, que expressaram insatisfação com a atitude do árbitro:”Pegou no giro do corpo. Ele estava com o braço aberto”, disse o árbitro à equipe do Peixe.A equipe do VAR, quando consultada, apresentou uma opinião divergente da do árbitro, sugerindo que o movimento de Dodô era natural. Mesmo com a bola tocando no braço do jogador do Santos, não havia indícios de que ele tivesse a intenção de impedir o ataque do Coritiba ou qualquer comportamento que justificasse uma tentativa de “sair por cima” no jogo.Após revisar o vídeo, Wagner manteve sua decisão de conceder o pênalti ao Coxa:”Ele (Dodô) atrapalha. Era um passe, ele impede o jogador 19 (Sebástian Gómez) de tocar na bola. Ele está com o braço aberto. Mesmo de costas, ele deixa o braço para trás, ok? Isso aí impede, ok?”, declarou o árbitro.Um dos membros da equipe do VAR voltou a argumentar que o movimento era natural, mas o árbitro da partida ignorou a observação de Carlos Eduardo Nunes Braga e manteve sua decisão.A luta pela permanência na Série AEssa disputa tem se intensificado, especialmente à medida que o campeonato avança, com poucas mudanças na situação dos times que estão na zona de rebaixamento ou próximos a ela. Santos, Vasco, Cruzeiro, Goiás, Coritiba e América-MG são os times envolvidos nessa luta, alguns em situações mais confortáveis do que outros. A situação do América-MG é particularmente complicada, enquanto o Coxa também enfrenta dificuldades.Quando olhamos para os quatro primeiros, eles estão lutando para evitar o rebaixamento, com o Santos tendo um pouco de alívio após vencer o Coritiba, que está sofrendo bastante e pode sentir algum alívio, afastando-se dos quatro últimos times do Brasileirão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *