willian
Futebol

Gustavo Scarpa desabafa em rede social ao relembrar golpe milionário de criptomoedas

(por Fabrício Carvalho)De forma surpreendente, o meia Gustavo Scarpa resolveu fazer um enorme desabafo nas redes sociais para mais uma vez falar sobre o gol de criptomoedas, na missão de tentar recuperar mais de R$6 milhões desaparececidos na Xland.Com a foto de um livro, Scarpa disse que passou a desenvolver uma enorme dificuldade de desenvolver o hobbie da leitura desde a revelação do golpe ocorrido no programa Fantástico, da TV Globo, em março. Além disso, o atacante do Olympiacos disse que seguirá caçando os “pilantras”, indicados por Willian Bigode, ex-companheiro de Palmeiras.O meia pediu por medio de advogados o recebimento de 30% dos salários de Willian, mas a Justiça recusou este pedido duas vezes nos últimos meses, falhando na primeira tentativa de recuperar parte do dinheiro perdido contra o ex-amigo. Cabe ressaltar que Mayke também sofreu nas mãos destes “investidores”.Ambos registraram um Boletim de Ocorrência em novembro após a parda de R$10 milhões. No entanto, Willian também disse que sofreu um prejuízo de R$17,5 milhões e afirma que é inocente em meio à esta situação iniciada horas após a confirmação do título brasileiro de 2022.Scarpa e Mayke acusam a WLJC Consultoria (empresa de Willian Bigode) e Gestão Empresarial, e a Xland Holding Ltda de golpe, enquanto a defesa alega que Willian recebeu para indicar o investimento.Desabafo de Gustavo Scarpa no Instagram”Depois que o golpe que eu levei se tornou público, nunca mais havia conseguido me concentrar direito para ler livros, uma paixão e um hábito que adquiri há algum tempo. Acabei optando por hobbies com mais adrenalina, tipo skate e wakeboard. Graças a Deus, porém, após quase 1 ano, o pai tá de volta com a leitura.””Infelizmente, os pilantras que fizeram isso comigo e com milhares de outras pessoas, de forma direta ou indireta, segue vivendo normalmente. Com muita cara de pau, continuam lesando famílias com destreza, simpatia e hipocrisia, desejando “o bem” para todos, como se não devessem nada para ninguém.””E, de forma descarada, ainda usam o nome de Deus para disfarçar suas desonestidades. É apenas um desabafo e uma inconformidade com a situação. Mas, enfim, estou contente porque consegui vencer mais uma batalha da mente. Tô ligado que quem me deve vai me pagar! É nois heheheheh.”Imagem: Cesar Greco / Palmeiras

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *