leila palmeiras
Futebol

Leila Pereira obtém medida protetiva contra líderes de organizada do Palmeiras

(por Fabrício Carvalho)Nesta quarta-feira (13), a presdidente Leila Pereira conseguiu uma medida protetiva contra três membros da Mancha Verde, principal organizada do Palmeiras, após ameaças de morte sofridas por alguns perfis fakes durante uma transmissão ao vivo. A informação foi antecipada pelo GE.A transmissão ao vivo foi realizada no dia 29 de junho deste ano com membros de torcida organizada protestando contra a gestão de Leila no Palmeiras em frente à Crefisa. A live exibia mensagens em redes sociais enviadas à transmissão, mas algumas tinham ameaças diretas.Por conta disso, o juiz Fabrício Reali Zia ecidiu que o presidente e da Mancha Alviverde, Jorge Luis Sampaio Santos, e os vice-presidentes da organizada Thiago Melo, o “Pato Roko”, e Felipe de Mattos, o Fezinho, não podem mais entrar em contato pessoal ou virtual com Leila Pereira.Os três citados acima precisam ter dsitância mínima de 300 metros do ambiente de trabalho ou da residência de Leila Pereira. Além disso, o juiz afirma que o descumprimento desta medida judicial pode ocasionar prisão preventiva.Apesar do intuito da transmissão não consistir em ameaçar Leila Pereira diretamente, o juiz mencionou em sua decisão que a transmissão tinha como objetivo gerar reações ofensivas e comentários negativs contra a presidente do Palmeiras.Fabrício Reali também pediu os dados de 19 perfis de usuários do Twitter/X e Instagram suspeitos de fazerem ameaças através de mensagens como: “Tem que meter bala na Leila”, “Tem que quebrar a sede da Crefisa”, “Se me arrumar uma arma, eu mato a Leila”, dentre outras.Por fim, cabe relembrar que a relação de Leila com a Mancha Verde é complicada desde o início de sua gestão na presidência do Palmeiras. A organizada chegou a realizar um protesto em Nova York com a exibição de mensagens ofensivas em um telão na Times Square.Imagem: Divulgação / Palmeiras

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *