Hélio Castroneves
Automobilismo Fórmula Indy

Relembre as quatro vitórias de Hélio Castroneves nas 500 Milhas de Indianapolis

Hélio Castroneves busca no próximo domingo ser o piloto com mais vitórias nas 500 Milhas de Indianapolis. O brasileiro tem quatro vitórias no oval mais sagrado do mundo e uma vitória no próximo domingo (26) o colocaria como o maior vencedor da história da prova. Atualmente, ele está empatado com AJ Foyt, Al Unser Pai e Rick Mears, cada um com quatro vitórias.

Nós, da Playmaker Brasil, trazemos para você a história de cada uma das vitórias de Helinho em Indianapolis, que este ano completa 23 anos seguidos disputando a maior prova do automobilismo americano.

A volta triunfal do capitão

Após ficar de fora do grid com seus dois carros na prova de 1995, a equipe Penske, que na época disputava a temporada completa da Fórmula Mundial, só voltou a disputar a prova de Indianapolis em 2001 com seus dois pilotos titulares, os brasileiros Gil De Ferran, campeão da CART em 2000, e Hélio, que faria sua primeira prova no oval.

De maneira brilhante, Hélio dominou a prova após assumir a liderança no meio da corrida e, contando com o apoio do companheiro de Penske, conseguiu segurar o ataque dos adversários. O Homem-Aranha conquistou sua primeira vitória em ovais logo em sua estreia nas 500 Milhas.

Vitória controversa

Com o time do capitão Roger Penske saindo da CART e indo para a Indy Racing League para disputar a temporada completa da categoria, Hélio chegava para tentar ser o primeiro piloto a ganhar a prova consecutivamente em muito tempo.

Numa árdua disputa contra o canadense Paul Tracy, o piloto brasileiro estava na liderança quando faltavam menos de 20 voltas para o final. Uma bandeira amarela foi acionada no momento em que Tracy estava à frente de Hélio, mas, para a direção de prova, o brasileiro estava à frente no momento da bandeira amarela. Na bandeira verde, Hélio só teve o trabalho de segurar a pressão de Tracy para garantir a segunda vitória consecutiva em Indianapolis.

Do júri à vitória

No final de 2008, a família de Hélio Castroneves foi a julgamento na Flórida por fraude fiscal ainda nos tempos da CART do piloto brasileiro, tendo que pagar quase US$ 10 milhões para responder ao processo em liberdade. O julgamento final da sentença foi cerca de um mês antes da prova daquele ano, o que atrapalhou a preparação dele para as 500 Milhas daquele ano.

Inocentado de todas as acusações, o piloto fez uma das corridas mais dominantes em Indianapolis, não dando chance aos rivais e saindo com uma vitória emocionante por tudo que Hélio sofreu nos meses que se passaram. Ele passou Emerson Fittipaldi, tornando-se o brasileiro com mais vitórias no oval.

A aposta vencedora de Hélio

Hélio Castroneves
(Foto: Getty Images)

Hélio Castroneves foi para a prova de 2021 pela primeira vez sem o apoio do time Penske após 20 anos, competindo pela modesta Meyer Shank, pela qual ele já havia corrido em algumas provas do campeonato americano de Endurance.

Numa corrida soberba, o brasileiro conseguiu segurar a pressão dos carros da Ganassi, claramente mais rápidos que sua Meyer Shank. Contando com sua vasta experiência, conseguiu segurar a pressão de Alex Palou e conquistou sua quarta vitória, entrando para o seleto grupo dos maiores vencedores da história da prova.

Dias depois, o brasileiro revelava que havia feito uma aposta com o dono do time, Michael Shank. Se vencesse a prova, Shank teria que dar uma vaga ao brasileiro pelo menos em um de seus carros na temporada seguinte, o que aconteceu na temporada 2022.

Além das quatro vitórias, o piloto brasileiro ainda foi segundo colocado em outras duas oportunidades: em 2003, onde retribuiu a ajuda ao companheiro Gil de Ferran na prova de 2001 e deu a Gil sua primeira vitória em Indianapolis, e em 2014, onde após uma bela disputa contra Ryan Hunter-Reay, perdeu a prova nos metros finais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *