john kennedy
Futebol

Renato Gaúcho revela que John Kennedy, do Fluminense, foi oferecido ao Grêmio em janeiro

 

Possivelmente um dos jovens atacantes mais iluminados do momento, John Kennedy poderia ter deixado de viver tudo isso pelo Fluminense em um movimento diferente na história. O técnico do Grêmio, Renato Gaúcho revelou nesta quarta-feira (20), que o atleta foi oferecido ao Tricolor Gaúcho em janeiro, mas foi recusado pela equipe.

JK foi o autor do gol do título da Libertadores, que consagrou o Fluminense campeão da copa pela primeira vez em toda sua história. Hoje está atuando pelo time carioca e já até deixou sua marca na estreia diante do Al-Ahly, jogando menos de 45 minutos, conseguiu balançar as redes e mostrar pro mundo quem seria o “Urso”.

Renato fez questão de dizer que foi ele quem vetou a contratação de Kennedy, assumindo uma certa culpa e talvez até um pouco de arrependimento pela sua decisão. O Tricolor Carioca estava procurando novos destinos para o atacante, que tinha um histórico não muito agradável quanto aos seus problemas extracampo.

“Esse garoto (John Kennedy) me foi oferecido em janeiro lá no Grêmio. Eu vi o currículo dele fora de campo e falei para o presidente: ‘Esse cara tem talento, mas…’. Acho que foi a melhor coisa pra ele (ter ido para a Ferroviária no início de 2023). Talento ele tem. Torço muito por esse garoto. Às vezes você precisa dar um passo pra trás para dar três para frente.”, disse o técnico do Grêmio no podcast “Joga Com a Dez”.

Sem marcar sua ida para o Imortal, John Kennedy foi emprestado ao Ferroviário, onde jogou bem e chamou a atenção de Fernando Diniz. O treinador do Flu já era um fã do atleta, se tornando peça-chave no elenco do clube carioca após o fim do Paulistão.

Suárez ou John Kennedy

Não dá para dizer que Renato Gaúcho errou na sua decisão, é fácil falar agora que tudo já aconteceu, mas pensar que, Luís Suárez e John Kennedy possuem uma diferença bem grande entre si, é impossível falar que a experiência de ter um atacante do calibre do “Pistoleiro” tenha sido ruim para o time. Dá para levar essa situação como um artifício da vida mesmo, lembrando que não dá para saber de tudo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *