Santos
Futebol Série B

Santos é punido com seis jogos de portões fechados na Série B

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva puniu o Santos nesta quarta-feira (31) com seis jogos de portões fechados e multa de R$100 mil. A punição ocorre por conta dos incidentes ocorridos na Vila Belmiro durante e após a derrota para o Fortaleza na última rodada do Brasileirão 2023.

A sessão realizada por videoconferência nesta manhã contou com a presença do atual presidente do clube, Marcelo Teixeira. No entanto, cabe ressaltar que a Vila seguirá liberada para o público em jogos do Paulistão por este ser um torneio estadual. A punição será válida a partir do Brasileirão Série B, próximo torneio nacional que o Santos disputará.

Santos teve condenação maior por acúmulo de casos

O clube foi julgado no artigo 213 do (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), com as presenças de Luís Felipe Procópio (presidente da terceira comissão) e os auditores auditores Dr. Rafael Bozzano, Dr. Bruno Tavares, Dr. Alexandre Beck, Dr. Rodrigo Raposo e Dr. Cláudio Diniz.

O artigo consiste em: “desordens em sua praça de desporto”, “invasão do campo ou local da disputa do evento desportivo” e “lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo”.

Em relação à multa financeira, isso ocorreu pelo fato do Santos ser um clube recorrente em casos de vandalismo na Vila Belmiro, como o incidente ocorrido após a eliminação para o Corinthians na Copa do Brasil. O Santos ainda pode recorrer da pena para tentar diminuir o prejuízo.

Vila Belmiro seguirá recebendo jogos com público no Paulistão

Enquanto o Brasileirão Série B não começa, o Santos segue na disputa do Campeonato Paulista. O próximo compromisso será nesta quarta-feira (31), a partir das 21h30 pelo horário de Brasília, em confronto diante do Água Santa fora de casa.

A Vila Belmiro receberá dois jogos consecutivos no início de fevereiro. No dia 4, o desafio será contra o Guarani (18h30), mas as atenções ficarão todas concentradas no clássico diante do Corinthians, no dia 7 (19h30), duelo que pode acabar acarretando em problemas maiores para o Peixe em caso de derrota.

Imagem: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *