São Januário
Futebol Brasileirão

Reunião de reforma do São Januário acontece na Câmara do Rio, Pedrinho se emociona ao apresentar proposta

Aconteceu na manhã desta quarta-feira (15), a primeira audiência pública sobre a reforma do estádio São Januário na Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro. Ao apresentar o projeto, o presidente do Vasco, Pedrinho, se emocionou e disse que o desejo é iniciar as obras em dezembro:

“Tenho sido chato, inconveniente para que a gente consiga assinar o potencial obviamente passando por todos os processos o mais rapidamente possível, sem promessas, porque isso depende muito dos trâmites naturais. Se tudo correr dentro de uma normalidade e das perspectivas, se iniciar a obra em dezembro. Isso é um desejo. Pode acontecer? Pode, porque tudo está caminhando de forma muito positiva e é um sonho realizado se isso acontecer”.

“Eu já vi esse projeto algumas vezes e, de verdade, foi a única vez que me emocionei com ele sendo apresentado aqui agora. Eu cheguei no clube aos seis anos de idade e muitas vezes eu dormi embaixo da arquibancada. Meu pai trabalhou como motorista de caminhão de lixo. Tenho a oportunidade de realmente enfrentar esse projeto e fazer com que saia do papel e que a gente entregue um estádio à altura do torcedor vascaíno e respeitando o estádio histórico de São Januário” – comentou Pedrinho antes de completar.

Esta audiência pública foi importante para o andamento do projeto de lei sobre o potencial construtivo do estádio e contou com representantes de secretarias do governo e vereadores. Para que possa entrar em trâmite, o PL de São Januário precisa das audiências e da entrega do parecer em conjunto das comissões técnicas (que ainda não aconteceu), para aí sim ir ao plenário.

Durante o processo de votação, o projeto pode receber emendas parlamentares, ou seja, propostas de mudanças no texto, que também serão votadas. Caso seja aprovado, o PL segue para sanção ou veto do prefeito Eduardo Paes (PSD).

 

Projeto de reforma de São Januário:

  • Capacidade total: 47.383 torcedores
  • Arquibancada em pé: 32.743 (69% do estádio)
  • Área do terreno: 63.082,29m2
  • Área construída: 379.531,84m2
  • Custo da construção: R$ 506 milhões

(Foto: Projeto: Sergio Moreira Dias, Felipe Nicolau, Willian Freixo, Clarissa Pereira e Ana Carolina Dias)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *