Botafogo
Futebol Brasileirão

John Textor, dono do Botafogo, debocha de expulsão de Hulk em Atlético-MG x Palmeiras

John Textor, dono da SAF do Botafogo, foi às redes sociais debochar da expulsão de Hulk no jogo entre Atlético-MG x Palmeiras na noite desta segunda-feira (17) na Arena MRV pelo Brasileirão. O camisa 7 do Galo levou dois cartões por reclamação ao árbitro Rodrigo José Pereira de Lima, e levou o acionista botafoguense a um novo questionamento envolvendo o clube paulista, rival na briga pelo título do último campeonato.

Minutos depois ao vermelho do atleticano, o norte-americano postou dois stories no Instagram sobre a situação. O primeiro foi comparando o lance ao ”Dia da Marmota”, que ficou conhecido por causa do filme ”Feitiço do Tempo”. Nele, um repórter fica preso em loop temporal que o faz viver o mesmo dia de forma seguida.

A crítica de Textor foi pelo Verdão ter ficado com um jogador a mais no duelo disputado ontem em Belo Horizonte – uma das críticas que o executivo carrega sobre a equipe de Leila Pereira desde o ano passado.

Dois cartões amarelos em nove minutos, você precisa apertar o passo para alcançar o número do ano passado (de expulsões)”.

– escreveu Textor em um outro story minutos depois.

Bronca de Textor com o Palmeiras vem do ano passado

Tendo perdido o último Brasileirão para o Palmeiras na reta final, e terminado a disputa em quinto lugar, o proprietário da SAF botafoguense tem uma bronca com o fato do alviverde supostamente ficar com jogadores a mais em relação aos adversários desde o ano passado. Na edição de 2023, o Verdão teve superioridade numérica em 10 partidas durante o campeonato.

No tópico de equilíbrio, é preciso observar que o time dela (Leila) vive em um mundo em que jogar 11 contra 10 representa equilíbrio. O Palmeiras se beneficiou da vantagem numérica em seus jogos onze vezes durante o torneio de 2023, um ano em que as equipes tiveram média deste benefício em 3″.

— afirmou Textor em dezembro passado.

Rivais no campo e na justiça desde o ano anterior, Botafogo e Palmeiras vão se reencontrar nas oitavas de final da Libertadores da América. A partida de ida no estádio Nilton Santos está marcada para o dia 14 de agosto e a volta, que define a vaga para as quartas de finais do torneio, será disputada no dia 21 de agosto no Allianz Parque.

Textor
A presidente do Palmeiras, Leila Pereira, e o dono da SAF do Botafogo, John Textor — Foto: Reprodução

Foto: Thiago Ribeiro/AGIF