Emma Raducanu Wimbledon
Tenis Wimbledon

Wimbledon, dia 3: confira o melhor da chave feminina do torneio

Em mais um dia de competições no complexo mais famoso do Reino Unido, em Wimbledon, um componente presente no dia de ontem deu o ar da graça nesta quarta-feira (3): a chuva. Os primeiros jogos tiveram de ser adiados em pelo menos uma hora, inclusive o jogo de Bia Haddad Maia, que foi interrompido logo no primeiro set, mas foi retomado, e acabou com vitória da brasileira.

A despeito das condições climáticas, algumas cabeças de chave venceram seus jogos, como Gauff e Paolini, e houve um resultado importante para o povo britânico, com a vitória de Emma Raducanu e sua classificação para a terceira rodada, onde enfrentará a top 10, Maria Sakkari.

Confira o que de melhor aconteceu na chave feminina de Wimbledon nesta quarta-feira (3):

Gauff desfila mais uma vez na grama e vence Todoni

Atual número 2 do mundo e forte candidata ao título em Wimbledon, Coco Gauff desfilou mais uma vez sob a grama sagrada do torneio britânico e venceu com facilidade a romena Anca Alexia Todoni, que veio do qualifying, por 2 a 0. Logo de cara, a estadunidense já conseguiu uma quebra no primeiro game do jogo. No quinto game, Coco quebrou novamente e encaminhou a parcial, que foi fechada em 6/2.

No segundo set, a semifinalista de Roland Garros 2024 repetiu a dose da primeira parcial, quebrando o saque da adversária romena. Gauff ainda teve mais duas quebras na parcial, inclusive para fechar o set em 6/1, saindo sem ceder break points. Na terceira rodada, Coco já tem sua desafiante definida: a britânica Sonay Kartal, que também vem do qualifying.

Raducanu joga bem mais uma vez e vence Mertens

A britânica mais querida da torcida em Wimbledon, Emma Raducanu, jogou bem mais uma vez e venceu a ex-top 15 do mundo, Elise Mertens, por 2 a 0. Jogando na quadra 1, a tenista da casa começou em um ritmo muito forte e venceu os cinco primeiros games do jogo, conseguindo duas quebras no saque da belga, que ficou sem resposta e viu o primeiro set escapar pelos dedos, sendo fechado em 6/1.

Já na segunda parcial, Mertens venceu o primeiro game, mas não foi suficiente para segurar o ímpeto de Raducanu. A britânica venceu outros cinco games seguidos, com mais duas quebras de saque da belga. Emma administrou a vantagem e fechou o segundo set em 6/2. Ela ainda anunciou que jogará a chave de duplas mistas com seu compatriota que se despede de Wimbledon, Andy Murray.

Paolini passa aperto no começo do jogo mas vence Minnen

A atual número sete do mundo e uma das sensações do tênis italiano, Jasmine Paolini, passou por um susto no começo do jogo, mas venceu a belga Greet Minnen por 2 a 0 para avançar em Wimbledon. A partida começou “maluca”, com trocas de quebras nos quatro primeiros games do jogo, sem nenhuma das tenistas tomando as rédeas do confronto. Com outras duas quebras, uma para cada lado, o primeiro set foi para o tie-break, e Paolini venceu por 7/5.

O segundo set, ao contrário do primeiro, mostrou um domínio da tenista italiana finalista em Roland Garros. Jasmine não tirou o pé do acelerador e venceu cinco games, conseguindo duas quebras contra a belga. Paolini ainda sofreu uma quebra, mas segurou a vantagem e fechou a parcial em 6/2. A italiana vai enfrentar a canadense Bianca Andreescu na terceira rodada.

(Foto: Twitter Wimbledon)