Fortaleza
Futebol Outras ligas

Em jogo de dez minutos, Fortaleza vence CRB por 2 a 0 e leva vantagem pelo Tri do Nordestão

Lucero e Moisés resolveram o jogo para o Fortaleza, que não teve muitos atrativos, mas que trouxe esperanças aos tricolores

Nesta quarta-feira (05), o Fortaleza venceu o CRB por 2 a 0 na Arena Castelão, em jogo de ida válido pela grande final da Copa do Nordeste. Os gols foram de Moisés e Lucero. 

Para quem queria emoção, sinto em dizer, que não foi o melhor jogo para tal. Se não fossem os gols do tricolor, ia passar completamente despercebido. Porém, o Fortaleza conseguiu aproveitar bem mais no segundo tempo, onde ofereceu alguns lances de perigo. Enfim, uma vitória para levar uma boa vantagem ao Rei Pelé, em Maceió e que pode significar muito para o Leão. 

 

UM PRIMEIRO TEMPO DE DEZ MINUTOS

Não, você não leu errado! A primeira etapa não teve muita coisa a ser retratada, apenas uma disputa muito truncada e sem lances de perigo, tanto que até aos 35 minutos, as estatísticas de chutes a gol eram zeradas para ambos os lados. 

A coisa só foi mudar aos 40 minutos, quando Moisés recebeu a bola, arrancou para o meio, invadindo a área e deixando três defensores para trás, para bater no canto esquerdo e marcar 1 a 0 Laion. Oito minutos depois, o dono desse amor, Lucero, fez o dele após receber o passe de Tinga na linha de fundo, e desviou para o fundo das redes, 2 a 0.

 

FORTALEZA OFERECEU PERIGO… E SÓ. 

A segunda etapa teve um pouco mais de emoção. A começar pelos 8 minutos, quando Lucero deixa para Moisés dentro da área, mas ele erra o chute, que seria o terceiro do Laion. Aos 22 minutos, o Galo faz o primeiro calor no Leão, com Gegê bate para o gol de fora da área e manda a bola por cima da trave. 

O Fortaleza seguiu em busca do terceiro gol em três tentativas: A primeira foi com Lucero passa por dois marcadores, chuta e Matheus Albino salva. A segunda foi com Lucero de novo, cara a cara com Anselmo Ramon, chuta e o goleiro defende. E a terceira com Zé Welison, que mandou um voleio e quase marcou. Aos 41 minutos, Anselmo Ramon chegou a marcar o gol de misericórdia do Galo, mas foi assinalado impedimento. Mas o jogo terminou assim mesmo:

F.T.: Fortaleza 2-0 CRB.

 

ANÁLISE FINAL

Um jogo tranquilo até demais. Poderia render mais emoção e perigo, mas pelo menos, de longe não foi o pior jogo da noite, comparado a Cuiabá e Vitória. Fortaleza e CRB retornam no domingo (09), às 16h30, no estádio Rei Pelé, para o jogo da volta. O Leão precisa vencer ou empatar para faturar o tricampeonato. Já para o Galo, é vencer ou vencer! Veremos no domingo!

(Foto: AGIF).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *