Lando Norris Canadá
Automobilismo Fórmula 1

Lando Norris lidera um chuvoso e parado TL1 no Canadá

O inglês Lando Norris começou o fim de semana do GP do Canadá bem, apesar das condições totalmente desfavoráveis, com a primeira sessão tendo quase 30 minutos de paralisação e, em outros momentos, sem nenhum carro na pista.

O início da sessão foi sob bandeira amarela, pois havia fiscais secando a pista, caminhões retirando água e a pista ainda estava bem molhada. Demorou cerca de 20 minutos até a pista ser liberada e os carros optarem por sair.

Hamilton foi o primeiro piloto a sair dos boxes para reconhecimento de pista, usando pneus intermediários na pista ainda bem molhada. Logo em seguida, Valtteri Bottas saiu para sua volta no circuito Gilles Villeneuve, mas com pneus de chuva intensa.

Quem também saiu para a pista foi o estreante Jack Doohan, que pôde estrear o carro de 2024 neste fim de semana, mas não chegou nem a completar uma volta. A equipe Alpine vem sendo o centro das atenções desde o GP de Mônaco, quando Esteban Ocon e Pierre Gasly se bateram na primeira volta, gerando uma série de conflitos e resultando na demissão de Ocon para o ano de 2025.

Faltando pouco mais de 28 minutos, a bandeira vermelha foi acionada após Guanyu Zhou perder o controle de sua Kick Sauber e bater na barreira de proteção, causando a quebra de sua suspensão.

Norris aproveita a pista secando

Conforme o tempo foi abrindo, a pista ficou mais aderente e os tempos começaram a cair drasticamente. Hamilton havia feito um tempo na casa de 1 minuto e 29 segundos após a retirada do carro de Zhou, e em menos de 10 minutos, Carlos Sainz liderava com 1:27.485.

Já na parte final do treino, alguns pilotos não saíram dos boxes, e devido às condições da pista, os que estavam em aclimatação acabaram recolhendo os carros. A pista entrou em um estado no qual os pneus intermediários seriam gastos muito rapidamente, e os de pista seca não renderiam o bastante para alguma análise, pois faltavam menos de 10 minutos.

Nos 5 minutos finais, todos os pilotos saíram para testar a pista com pneus slicks por no máximo 2 voltas, o que resultou em uma série de escapadas de pista. Daniel Ricciardo, Valtteri Bottas, Max Verstappen, entre outros, acabaram rodando, mas sem danificar os respectivos carros.

Com o asfalto secando, alguns pilotos arriscaram uma última volta rápida, mas sem arriscar muito. Foi quando Carlos Sainz assumiu provisoriamente a liderança pela segunda vez na sessão, sendo logo substituído por Norris com o tempo de 1:24.435.

O tempo acabou, houve um certo trânsito no final da sessão, mas ninguém quis correr riscos desnecessários, então não houve nenhum problema. A próxima sessão está marcada para as 18h no horário de Brasília, com mais previsão de chuva no circuito.

Confira o resultado final do primeiro treino livre no Canadá:

1. Lando Norris (McLaren)
2. Carlos Sainz (Ferrari)
3. Charles Leclerc (Ferrari)
4. Lewis Hamilton (Mercedes)
5. Max Verstappen (Red Bull)
6. Oscar Piastri (McLaren)
7. Pierre Gasly (Alpine)
8. Valtteri Bottas (Kick Sauber)
9. Sergio Perez (Red Bull)
10. George Russell (Mercedes)
11. Daniel Ricciardo (Racing Bulls)
12. Yuki Tsunoda (Racing Bulls)
13. Kevin Magnussen (Haas)
14. Nico Hulkenberg (Haas)
15. Fernando Alonso (Aston Martin)
16. Logan Sargeant (Williams)
17. Lance Stroll (Aston Martin)
18. Zhou Guanyu (Kick Sauber)
19. Jack Doohan (Alpine)
20. Alex Albon (Williams)

(Foto: Twitter McLaren)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *