Espanha x Alemanha
Futebol Eurocopa

Merino decide, Espanha vence Alemanha na prorrogação e avança na Euro

Nesta sexta-feira (5), a Espanha venceu a Alemanha na prorrogação por 2 a 1, em partida realizada na MHP Arena, em Stuttgart, pela fase quartas de final da Eurocopa. Em uma partida bastante equilibrada e decidida apenas no tempo extra, Mikel Merino se tornou o grande herói espanhol, garantindo o gol no final do segundo tempo da prorrogação e dando a vaga para a Furia. Antes disso, Dani Olmo marcou para a Espanha, enquanto Florian Wirtz fez para os alemães.

A partida foi muito boa, com duas equipes que buscavam ter a bola e fazer um jogo ofensivo e tendo seus momentos no confronto, A Espanha dominou boa parte do primeiro e do segundo tempo, mas a Alemanha foi melhor durante o final do tempo regulamentar e a prorrogação. Mesmo assim, foi Merino quem decidiu nos minutos fianis, e a Furia aguarda o seu adversário do jogo entre Portugal e França.

Primeiro tempo truncado

Com as duas equipes lutando bastante para ter o controle do meio de campo, a partida ficou mais brigada do que jogada, mas com destaque para a grande atuação de Rodri, que engolia os dois meias ofensivos da Alemanha e fazia com que a equipe espanhola conseguisse segurar a posse. Loog no começo, também, tivemos a importante lesão de Pedri, que saiu para a entrada de Olmo.

A primeira oportunidade veio em um cruzamento de Joshua Kimmich que foi desviado por Kai Havertz, mas Manuel Neuer fez defesa tranquila. A Espanha continuou tendo o controle da posse de bola depois disso, mas sem conseguir chegar com perigo dentro da área alemã, que se defendia com afinco. A melhor chance espanhola veio quando Lamine Yamal chutou de fora da área e quase encontrou o canto de Neuer. Mesmo assim, a partida foi para o intervalo em 0 a 0.

Espanha sai na frente, mas Alemanha empata no final

O começo de segundo tempo trouxe uma Espanha mais agressiva, chegando com perigo quando Alvaro Morata recebeu na área e conseguiu um giro bonito para a finalização, que acabou indo por cima de Neuer. Pouco depois, saiu o primeiro gol com Olmo, que finalizou bonito no canto do goleiro após mais uma excelente jogada de Yamal, abrindo o placar para os espanhóis.

Depois disso, a Espanha começou a cozinhar a partida, controlando a posse de bola e não deixando a Alemanha jogar. Vendo que o time estava perdendo mais ainda o controle da partida, Julian Nagelsmann fez algumas mudanças, colocando Niklas Fullkrug e Wirtz no jogo, tentando fazer com que a seleção alemã fosse mais agressiva. Fullkrug fez sua parte, brigando com os zagueiros e chutando uma bola na trave.

No final do jogo, quando parecia que o destino da Alemanha na Euro estava selado, um cruzamento para a área de Jamal Musiala encontrou a cabeça de Kimmich, que desviou para o meio e achou Wirtz, finalizando de primeira e vencendo Unai Simón para marcar o gol que daria o empate para os alemães. No final, a Alemanha quase conseguiu uma virada histórica, mas a partida foi para a prorrogação.

Alemanha cria mais, mas Espanha decide

A Alemanha foi o melhor time nos dois tempos da prorrogação, criando as melhores oportunidaes, mas isso não quer dizer que a Espanha também não criou, com Olmo e Mikel Oyarzabal sendo os principais expoentes ofensivos da equipe. Mesmo assim, a melhor chance veio quando Wirtz recebeu na entrada da área e finalizou com estilo, no canto do goleiro, quase colocando a Alemanha à frente.

No segundo tempo da prorrogação, novamente a Alemanha tinha a bola e queria mais o gol, quase marcando quando Fullkrug recebeu cruzamento e desviou de primeira, forçando uma ótima defesa de Unai Simón. A Espanha também chegava com perigo com Oyarzabal, que por duas vezes levou perigo ao gol defendido por Neuer.

No final da partida, porém, a Espanha chegou ao gol decisivo que selou a vaga para a próxima fase. Após boa jogada pela esquerda, Olmo, que fez jus à sua substituição a um jogador tão importante como é Pedri, cruzou para a área e Merino desviou de cabeça, vencendo Neuer e colocando a Espanha à frente. Assim, os espanhóis eliminaram os anfitriões para garantir uma vaga histórica.

FT/ET: Espanha 2-1 Alemanha

Análise final

Apesar de não ter feito um bom final de segundo tempo, a Espanha foi melhor durante boa parte do jogo, controlando a posse de bola com um meio de campo muito coeso comandado por Rodri. Apesar da lesão de Pedri, que deve ficar de fora do restante da Euro, a substituição por Olmo acabou sendo decisiva, já que os dois gols tiveram participação do jogador do RB Leipzig.

Para a Alemanha, fica mais uma frustração em competições grandes, como vem acontecendo desde o título da Copa do Mundo de 2014. No entanto, fica o alento de uma equipe que desempenhou um bom futebol sob o comando de Nagelsmann, fazendo uma boa primeira fase e sendo eliminada em um detalhe contra uma grande equipe espanhola.

(Foto: Twitter UEFA Euro 2024)