renato augusto em acao pelo corinthians na partida contra o atletico mg valida pela copa do brasil
Futebol

Renato Augusto entra na mira do Fluminense para 2024

(por Mattheus Prudente) O meia Renato Augusto, atualmente no Corinthians, está em uma encruzilhada sobre seu futuro na equipe em 2024, já que seu contrato expira no final deste ano. Enquanto a situação permanece incerta, informações sugerem que o Fluminense, recentemente coroado campeão da Copa Libertadores, tem o jogador em sua mira, embora não tenha feito uma oferta formal. A possível transferência do atleta para o clube carioca é vista com bons olhos pela diretoria.Renato Augusto assegura que, neste momento, seu foco principal é o Corinthians em 2024. No entanto, as negociações de renovação contratual foram congeladas até que o time paulista elimine completamente o risco de rebaixamento no Campeonato Brasileiro.Em uma entrevista à Placar, o camisa 8 do Timão destacou sua intenção de não se tornar um fardo para o Corinthians. Isso decorre de uma temporada marcada por lesões e atuações discretas.Na mesma entrevista, Renato Augusto elogiou o técnico do Fluminense, Fernando Diniz, e expressou seu interesse em entender a abordagem tática do treinador.”Eu sou um grande fã do Diniz. Eu gosto dele, acho bem interessante a forma como pensa. Já até falei para ele que queria entender como chega a isso, entendeu? Eu sempre tive vontade de trabalhar com Guardiola para poder entender de onde tira os espaços até ele chegar o gol, para entender o processo. [O trabalho] do Diniz eu acho interessante, realmente interessante. É um jogo muito diferente do Guardiola, que é muito posicional, enquanto o dele é livre, de realmente rodar o jogador, mas é um conceito interessante que te faz ficar com a bola”, comentou.Relação com DinizAlém de sua admiração, Renato Augusto considera a possibilidade de seguir carreira como treinador após encerrar sua carreira de jogador e mencionou a possibilidade de fazer estágio com Diniz e outros treinadores que admira.”Então alguns treinadores que acabei não tendo a oportunidade, como o próprio Diniz, são caras que eu gosto e que acho que têm algo a agregar. Então, mais para a frente, se eu tiver a oportunidade, com certeza vou procurá-los”, concluiu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *